Páginas

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Espelhar-se










Durante minha vida aprendi
Que a melhor coisa da vida se vai
a mulher mais bonita era mãe e cri.
Persegui ser o homem que era meu pai.

Aprendi que os amigos são para sempre
A mulher que amasse uma eterna amante
Que os amigos falham e fico impotente
Na vida que pensava ser emocionante.

Entendi na vida a arte de se espelhar
Nos meus pais as divinas referencias
Se o espelho se quebrar, hei que ajoelhar

Aprendi que a vida é ponte comprida
De um lado uma vida de preferências
Do outro a vida que deve ser vivida.


Espelho imagem do Google

6 comentários:

  1. Muito interessante e sábias palavras.
    Realmente a vida é uma ponte que precisa ser atravessada, e com persistencia e lutas e sempre nos espelhando no que de construtivo, nos legaram os pais.

    As tormentas atravessar
    Como um fogo incendiando
    E um sorriso apresentar
    Em silencio aqui chorando.

    O chicote estala e corta fundo,
    Nosso corpo enrijecido.
    Nesse Egito, nosso Mundo,
    Nosso pão endurecido...

    Nessa sólida disputa,
    Contra forças do poder,
    Me alegro enquanto posso,
    Motivando meu viver.

    Nem que seja um só minuto,
    De alegria e prazer,
    Pois mais tarde vem o fel
    Para o cálice beber.


    Meu amigo, gostaria de novamente agradecer tua visita e comentários.
    Um abraço, boa noite.

    ResponderExcluir
  2. "Aprendi que a vida é ponte comprida
    De um lado uma vida de preferências
    Do outro a vida que deve ser vivida."

    Tive que aprender tb.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi Toninho, obrigada pela visita, amesma me trouxe a certeza que sois um amigo de verdade, estou passando por momentos deficeis com a doença de um neto até agora é só exames o diagnostico nada ainda, mais graças a Deus está mais perto. fPor mais fé que tenho fico sem cabeça para nada, lí a sua poesia linda como sempre, estou atravessando esta ponte, espero chegar do outro lado sã e salva. abraços Celina.

    ResponderExcluir
  4. Nos momentos em que a gente está na ponte, fica louco para a travessia se dar logo. Muita vezes feita, precisamos voltar, ora por necessidade de correções, ora para reconstruir novos sonhos. O gostoso é poder saber que a ponte vai sempre estar à disposição de nossas escolhas. Sábio e belo o poema, meu amigo! Paz e bem.

    ResponderExcluir
  5. Durante uma vida aprendemos que temos muito que aprender na vida, um abraço Lisette.

    ResponderExcluir
  6. E neste aprendizado, passamos anos de nossa vida e estamos sempre aprendendo.
    Beijinhos de luz e paz

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.