Páginas

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Naquela manhã na estação.










 Imagem Google




Naquela manhã na estação.
Ou quando vem o Sol.

Já vem o Sol, sobre o manto cinza da cidade,
Sinto o delicioso conforto, que vem da Criação.  
Meus olhos atentos à manobra com suavidade,
Da cadencia perfeita da natureza em mutação.  

Benditos sejam os raios de energia renovadora,
Que me envolvem sempre com belas lembranças.
Assim como o brilho dos olhos da mãe protetora
Na vigília segura dos rumos de minhas andanças.

Quão maravilhosa é esta luz, que acende o dia,
Em êxtase na manhã vivo a espera anunciada,
Como daquele beduíno sedento pela água fria,
Linda miragem que alivia a saudade da amada.

Maravilha este olhara sobre a manhã irradiante,
Aonde cada minuto vem revelar minha emoção.
Então, conto passos num vai e vem impaciente
Como as longas horas lentas do relógio da estação.

Toninho
11/07/2011

Em minha cidade (Itabira-MG) que fica entre serras, pela manhã ela é coberta por uma Cerração, que deixa a cidade translucida, para quem mora na parte alta, isto cria um visual fantástico da cidade, quando o Sol vem raiando, aquecendo a manhã.


46 comentários:

  1. GOSTEI DO JÁ VEM O SOL SOBRE O MANTO CINZA DA CIDADE, GOSTO DO MODO QUE VOCÊ ESCREVE CADA PALAVRA , É COMO SE ESTIVÉSSEMOS ASSISTINDO E NÃO LENDO, LEGAL!!! PARECE SAIR DE TEU CORAÇÃO O QUE ESCREVEU, EM MINHA VIDA, TAMBÉM ESPERO POR ALGO A CADA MANHÃ.NESTE TEU POEMA LEMBREI-ME MUITO DA MINHA ESPERA.

    ResponderExcluir
  2. Tô no pedaço.. rsrs

    Ah, meu amigo, tu és um sábio e doce poeta, mas existem coisas que escrevemos que tornam-se vitrines e passam a nos assistir como novelas e esperam os próximos capítulos e lógico que quando assim acontece a torcida é sempre contra!!! rsrs

    Admiro tanto tua terra, quem dera eu tivesse nesse trem na estação com olhares perdidos por todos os lados, Minas é simplesmente a personificação da perfeição, algum dia vou aí... rs

    Abraços meu querido que Deus te abençoe

    ResponderExcluir
  3. É bem verdade, Toninho! As horas nas estações tem seu passar lento e diferente.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Coloquei teu ícone na lateral do meu blog, pois agoar que vi que o meu está aqui, meu amigo.
    Desculpa o descuido.
    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Coisa mais linda o sol que brilha sobre nós e quem o admira e reconhece sua importância!
    Linda poesia!
    Vou fazer um link para teu blog, ok.
    Esta poesia tem tudo a ver com a imagem que achei hoje. aguarde.
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  6. Que coisa mais linda ,Toninha.Adoro estações e a poesia ficou DEZ. Adorei a imagen com a neblina...abração,chica(quase entrando em férias)

    ResponderExcluir
  7. Toninho que linda poesia que fala sobre estaçoes ..eu aodoro tudo isso e também tenho muitas recordaçoes de Minas..
    Parabens pela doce poesia e nos fazer viajar em pensamentos..
    Boa noite
    Titi

    ResponderExcluir
  8. Fiquei me imaginando nela! Amo lugares assim, verde, cheiro de manhãs frias, enevoadas e encantadoras! Que bela descrição de suas lembranças, Toninho! Melhor ainda é ter essas lembranças enraizadas dentro de si. Essas...ninguém poderá levar! Obrigada por mais uma vez me visitar e comentar! Abraço grande! :o)

    ResponderExcluir
  9. Lindo Toninho!!!
    Na minha cidade é a mesma coisa...kkkk...ah mineiro....cumê que cê faz aí na Bahia hein?
    Sofre também de saudades desse cenário que corre nas veias, como eu né!!!!! kkkkk
    Beijos,
    Carla

    ResponderExcluir
  10. Lindo Toninho!!!!!!!!!!!!
    Minha cidade a mesma coisa e é desse cenário que sinto falta pq corre nas veias com sangue. Cê sabe né mineiro!
    Sofro de saudades aqui no nordeste.
    Pintei até uma parede na minha sala toda de marron e falo que é minha montanha........kkkkkkkkkkkk
    Beijos mineiro!!!
    Somos assim de alma,
    Carla

    ResponderExcluir
  11. E já está lá o novo post.
    abs carioca

    ResponderExcluir
  12. Amigo Toninho hoje a noite coloquei uma musica no meu blog que eu acredito que você vai gostar em **Esperando**
    Alias gostei da musica que esta tocando aqui...
    quem acredita sempre alcança..
    Abraço
    Titi

    ResponderExcluir
  13. Lindo, Toninho, Itabira, a cidade produtora de ferro, não é? E pelo visto de poentes incríveis!!!Ai, como sinto saudades da minha pequena Alegre, lá no Espírito Santo... Saudades gostosas. Texto super bonito, me levou pro meu aconchego de nascimento!Bjs e uma linda noite pra você!!!

    ResponderExcluir
  14. Toninho querido como é bela esta tua poesia,nossa me fez muito bem, soltar a imaginação e seguir a tua narrativa passo a passo, a todo momento agradecendo a Deus por tão maravilhosa dádiva, e olha pelo que descreveu em Itabira o cenário deve ser deslumbrante, lindo beijos Luconi

    ResponderExcluir
  15. Amigo me perdoa, vi que você esteve lá na minha nova casa, como a iniciei agora estou indo devagar, e cada um que marca que está me seguindo eu estou pedindo permissão para levar a imagem do site, no seu caso não tem, mas eu levaria a foto e o link do blog como fiz com os que já estão lá, até ia fazer mas como você não comentou achei que talvez não tivesse gostado, posso fazê-lo? eu adoraria, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  16. Bom dia Toninho,

    Lindo poema! Quanto sol, quanta luz!
    Eu vivo numa cidade cheia de sol, junto ao mar.
    Sei, que os nordestinos são muito genuínos e puros.
    Vivem e adoram suas raízes.
    Parabéns!

    Bjs de luz.

    ResponderExcluir
  17. Quando eu ia para a escola na Fide, passava a pé pala mata do Intelecto de manhã e o chegar lá perto do hospital dava para sentir esse sol descortinando o manto cinza. Bma paisagem que guardo até hoje na lembrança. Belo , belíssimo! Abraços. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  18. Vim deixar um beijo e dizer que estou saindo em férias, e tem recado nos blogs. abraços,chica e inté,srsr

    ResponderExcluir
  19. Um belo cenário de amor e nostalgia...e ao fundo a bela voz de mestre Renato Russo...grande abraço de bom final de semana pra ti amigo...

    ResponderExcluir
  20. Oi Toninho
    Que belo louvor ao SOL, vc traz imagens em forma de palavras que também nos irradia a luz deste astro .
    bjs
    Tem convite lá para você, no pensandoemfamilia.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia,Toninho!!!

    Que abençoada inspiração!!!
    É na cadencia e sensibilidade dos versos que viajo tranquila e satisfeita por um mundo lindo!!Obrigada!!
    Beijos pra ti!
    Com carinho e admiração!

    ResponderExcluir
  22. Meu querido falar da própria cidade é maravilhoso principalmente quando dela de contempla muita formosura e deleite.
    Amar assim cada pedaço dela é como viver a ti mesmo e toda a beleza de sua natureza.

    Vc escreve lindamente e deixa em nós uma nostaugia que envolve de manto nossa alma.

    Um grande beijo e carinho em teu coração meu amigo.

    ResponderExcluir
  23. Oi Toninho, sua linda poesia que me remeteu às manhãs nas Minas Gerias, em Tiradentes, especificamente, cidade que amo demais da conta, como dizem os mineiros.... poema cheio de sentimentos bons, feito uma chama que aquece, como o sol de inverno nas montanhas de Minas...e vc ainda é Itabirano, terra do meu amigo, o poeta maior...me ganhou de vez! rsrs beijos,

    ResponderExcluir
  24. Olá Toninho,

    Vindo prestigiar sua poesia, citada pela nossa amiga Beth Lilás do Blog Mae Gaia.
    Linda mesmo.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  25. Oi, Toninho!

    Fiquei imaginando esse efeito do sol sobre a cidade, e sei que é deslumbrante. Já vi cenários semelhantes, e confesso que, como você, me sinto envolvida por esta magia e dou graças por ter tempo e prazer apreciar os espetáculos da natureza. Um belo poema, viu?

    Grande abraço
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  26. Oi Toninho boa tarde, e um final de semana bem legal para vc, tudo ja foi dito sobre os teus versos , imagino que deve ser um senário encantador, o sol se fazendo presente se impondo de forma magistral. Parabens amigo em conseguir passar para nós visão tão encantadora. abraços Celina.

    ResponderExcluir
  27. Lendo-te me doeu a saudade da minha Poços de Caldas,,,Das montanhas, do céu azul, das florestas, da agua sempre deliciosamente fresca...Ai que saudade! Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  28. Toninho boa noite! Saudades...
    Ofereço-te minhas desculpas a você e tantos outros por minha ausência.
    Época de férias né, significa ou muito trabalho ou fechar o barraco para descansar!
    Li em algum lugar que hoje é o dia dos homens! (Não sabia da existência deste dia) venho aqui correndo para com cainho lhe desejar um feliz dia então! Bem, amigo, breve, breve estarei abrindo o barraco e passeando um pouco mais por aqui! Ficaremos em contato!
    Uma linda noite dos homens para você!
    Lembranças!
    Ange.

    ResponderExcluir
  29. TEM UMA PESSOINHA BEM ESPECIAL POR AQUI
    http://sandraregina7.blogspot.com/
    VOU TE EWSPERAR. SEJA BEM VINDA.
    FICAREI MUITO FELIZ COM A SUA PRESENÇA.
    CARINHOSAMENTE,
    SANDRA

    ResponderExcluir
  30. Bom dia, amigo

    Lindo, teu poema!!

    Gostei da tua cidade rs me deu vontade de fazer uma visita e vê a beleza de perto.

    Tenha um final de semana iluminado com o nascer do sol e o encanto de tua cidade.

    Abraço!
    Deus esteja contigo.

    ResponderExcluir
  31. Meu amigo, venho deixar um fraterno abraço e compartilhar dessa linda poesia.
    Mais uma obra prima que nos leva a refletir o quão balsâmicas são essas luzes radiantes.

    ResponderExcluir
  32. Sentir essa luz que emana da bela e esplendida natureza...é para aqueles que tem os olhos e o coração da alma bem abertos...e voce é um deles...amo seus poemas...cheios de luz...suavidade...calma...esplendor...
    Voce é uma pessoa muito bela...fico feliz de sermos amigos...
    Um beijo com muito carinho...

    ResponderExcluir
  33. Sei bem o que é isso. Minha cidade esta época do ano está sempre coberta pela neblina!
    Linda imagem, lindo texto!

    ResponderExcluir
  34. Toninho, obrigada pela sempre presença amiga em meu Blog. Fui conhecer tb o outro, com amigos e adorei. Tenha um ótimo fds, abrçs da amiga Milla

    ResponderExcluir
  35. Voltei aqui amigo Toninho para te agradecer as sua visitas no cafe com bolachinha ,porque fico muito feliz em ter comentarios de uma pessoa tão querida e um verdadeiro poeta..
    abraço
    bom fim de semana
    Titi

    ResponderExcluir
  36. Bom dia,Tonhinho!!

    Vim desejar-lhe um ótimo domingo!
    Beijos pra ti!

    ResponderExcluir
  37. Olá, amigo!
    Suas lembranças são tão lindas!!!
    Será essa Itabira que eu conheço???
    Boa semana!
    Beijinhos.
    Minas.
    ♥ •˚。
    °° 。♥。
    ●/ ♥•˚。˚
    /▌
    / \ 。˚。♥

    ResponderExcluir
  38. Com o carinho de sempre venho
    desejar um feliz Domingo.
    E hoje pedir a você se tiver um
    tempinho deixar sua solidariedade.
    A um amigo poeta que no momento
    passa por um momento dificil.
    E tenho um carinho muito grande
    por ele embora nunca tenha homenageado
    ele no meu blog.
    Mais não devemos nos silenciar
    quando um pessoa sofre uma palavra
    ou um frase de carinho pode fazer a diferença.
    Nossa maior virtude é amar o próximo como a ti mesmo.
    Um beijo no coração,Evanir.
    Obrigada amigo pelo seu carinho comigo.

    ResponderExcluir
  39. Muito lindo amigo.

    Hoje estou aqui para agradecê-la, obrigada pela sua companhia mesmo qdo estou ausente, é gratificante para mim saber que posso contar com ela, meu muito obrigada Toninho, logo falarei o motivo de estar ficando tanto ausente assim, é contra a minha vontade.

    Um gde abraço.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  40. Meu querido amigo, como brotando à vida a poesia nos deixa... e é fácil sentir isso com teus versos.
    O meu carinho.


    Tarde de domingo –
    Quando saio na varanda,
    os sabiás cantam


    Teresa.

    ResponderExcluir
  41. Lindo seu poema meu querido...com toda certeza a visão que se tem da sua cidade deve ser deslumbrante, vendo tudo sendo pouco a pouco revelado pela luz e presença do Sol...
    Boa semana amigo...beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  42. Boa noite Toninho,

    Tantos comentários!
    Bom, é difícil contemplar todos.
    Escrevi um texto no meu blog, que gostaria, que comentasse.
    Tem tempo. Ele vai estar exposto alguns dias.
    Obrigada,

    Bj de luz.

    ResponderExcluir
  43. Amigo, você como sempre inspiradíssimo e escrevendo coisas lindas. Cheguei pertinho de Deus agora (já escrevi aqui uma vez, não sei se recorda, que Quintana muito bem escreveu que um belo poema sempre leva a Deus).

    Mandei um convite pra você via e-mail.

    Bjos e boa semana ;)

    ResponderExcluir
  44. Toninho,
    Falando em medo, tem uma poesia de medo lá no meu blog hoje.
    Beijos,
    Carla

    ResponderExcluir
  45. Amo essa coisa da natureza nos presentear com suas várias facetas.
    Cada estacao tem a sua, em especial.
    O teu texto me fez voltar à Curitiba, onde no inverno, pela manha, tinha a mesma paisagem que você em Itabira. Parece até o cheirinho do ar na neblina pude sentir....

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.