Páginas

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Olho seus olhos











(Imagem Google)





Olhos nos seus olhos.


Belo olhar sempre a me encantar,
Como este brilho estelar na terra.
Perdido nele como vê este mar,
No naufrágio que se desespera

Lindos os olhos quando me vejo
Sob este flash da luz dourada divina
O corpo todo cintila num lampejo
Que minha alma toda se ilumina

Assim vivo a vulcânica sentida emoção
Que faz esta erupção de meus quereres
Que em meu corpo faz este vulcão.

E quanto mais sinto este desejo,
No sobejo canto me dão os poderes,
Quando miro os olhos que almejo.

Toninho.
30/07/2011


30 comentários:

  1. Lindo poema, amigo!
    Quando os olhares se cruzam e se reconhecem é um momento mágico!
    Boa semana!
    Abraços fraternos e beijos de luz ;)

    Você recebeu nosso e-mail?

    ResponderExcluir
  2. Olhos nos olhos que incitam desejos e emoções...LINDO! abração,chica

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema e música para acompanhar, Toninho!
    abraço grande, carioca

    ResponderExcluir
  4. Que lindo! Os olhos são realmente a ponte para os sesejos e tudo mais entre dois seres.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Quão bela e sincera é a linguagem do olhar, Toninho. Belissimo poema, parabéns! Bjs, Milla

    ResponderExcluir
  6. Toninho amigo boa noite linda poesia....os olhos dizem muito a nós não é??.os olhos revelam tudoooo..abraço e uma boa semana...
    abraço forte
    titi

    ResponderExcluir
  7. Olá meu grande amigo Toninho!
    Cá está mais um belo poema que nos faz sentir o motor da nossa engrenagem! Muito bom mesmo!

    Um grande abraço meu amigão.

    ResponderExcluir
  8. Toninho,
    A força de um olhar te deu encantados versos e cantos poderosos viu! Vc conseguiu encontrar a alma daquela que o mirou e o poema ficou este vulcão todo.
    Lindo amigo!!
    Continue a olhar, admirar, amar, desejar e poetizar que nos agradecemos.
    Legal a música!!
    Beijos,
    Carla
    :D

    ResponderExcluir
  9. Amigo, boa noite, mais uma vez nos brinda com um soneto muito bonito, parabens amigo. Abraços Celina

    ResponderExcluir
  10. Um olhar tanto nos diz, nos faz sonhar, alcançar o céu, e por breves instantes viver no paraíso, lindo teu poema, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  11. Bom dia,Toninho!!!

    Ah!O olhar que inspira,que instiga...
    Quantas coisas nos dizem!!!
    Belíssima poesia!!Que Deus te conserve sempre inspirado!!!
    Beijos pra ti!!
    Tenha um lindo dia!!!! Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  12. Olá Toninho
    As vezes não precisamos mais que uma olhar.
    Abração

    ResponderExcluir
  13. Os olhos enxergam a alma. Belo, mui belo! Abração.

    ResponderExcluir
  14. Olá Toninho,
    O olhar é como um toque. Nos despertam os sentidos. Nos fazem mergulhar num mar de sonhos e poesia.
    Lindo!
    Abração.

    ResponderExcluir
  15. "Assim vivo a vulcânica sentida emoção
    Que faz esta erupção de meus quereres
    Que em meu corpo faz este vulcão."

    Mágico olhar que a emoção de ti faz transbordar, trazendo-nos versos de arrepiar!
    Aplausos mil pra ti meu amigo!!!

    Carinhos...
    Beijos de flor

    ResponderExcluir
  16. O olhar dis tudo,é o espelho da nossa alma.
    Simplesmente este poema é lindo.
    Obrigado por me seguir e comentar no meu cantinho.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  17. Me matei de rir com o colchonete hehe

    Hoje li seu poema debaixo pra cima e de cima pra baixo. Já leu algum assim pra ver como é legal?
    Olhares... vulcão... corpo todo... linguagem do amor?
    Adorei Toninho, e que bom comprou o colchonete hehe

    ResponderExcluir
  18. Mira que verás miragem. Miragem que se traduz em desejos mútuos. Belo soneto, amigão. Abraços. paz e bem.

    ResponderExcluir
  19. Oi Mineiro!

    Almejar é como adquirir!!! Tu escreve maravilhosamente bem... grata!

    ResponderExcluir
  20. Os olhos náo mentem, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  21. Adorei... que lindo ver o que os olhos de quem amamos e desejamos nos desperta...
    Doce dia meu bom amigo...beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  22. Toninho
    A magia do entndimento entre olhares talvez seja mais poderoda que o diálogo. Lindo poema, prá variar, né amigo???
    Bjkas com hiper carinho!!!!

    ResponderExcluir
  23. Passei aqui novamente para te agradecer sua visita no café com bolachinha e te desejar uma boa tarde..aqui hoje chove fino e precisava amiga..ja não chovia a dois meses..
    abraço
    titi

    ResponderExcluir
  24. ...delícia quando almejamos
    o olhar de alguém, e este
    se demora sobre nós.

    bj, poeta!

    ResponderExcluir
  25. Maravilhoso.
    Seu poema é de arrepiar como a canção de Gil
    Parabéns, poeta

    Um abraço

    ResponderExcluir
  26. Toninho que poema maravilhoso. O olhar mostra o fundo da alma.Um beijo grande, e continuação de ótima semana. Smareis

    ResponderExcluir
  27. Olá, Toninho!

    Um belo soneto. Gostei da disposição dos versos, das rimas, enfim. Eu, particularmente, valorizo a forma. E a suavidade, a poesia, o querer, a paixão, são contagiantes...

    Um grande abraço
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  28. Olhar nos olhos. Aí se encontra a verdade.
    Uma bela noite meu amigo querido.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.