Páginas

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Sem razão.

















É ela, a mulher de alma nua,
leva no fardo profunda tristeza
seu olhar perde-se num tempo.
Falta censura circula pela rua,
sob os olhares de reprovação.

É mais uma mente que vacila
que leva da vida apenas ilusão,
que um dia sorte a lhe faça visita,
que acabe com toda frustração.

No seu mundo há desencanto,
na voz apenas um lamento,
que lhe acompanha num pranto,
numa nudez do discernimento.

Ela fica neste vai e não vai.
Sem um teto apenas agradece.
Sobre o viaduto a noite cai,
sob o jornal sonha e adormece.


Toninho.
09/01/2012

27 comentários:

  1. Toninho sempre me emociono com pessoas assim, nossa dá um aperto tão grande imaginar o que as levou a isso, desespero, loucura, fuga da realidade, outras simplesmente a falta de oportunidade, quem saberá? Sinto-me nestas horas impotente, e firmo em silêncio uma prece que o Criador permita que os bons amigos espirituais lhe aliviem as dores e quem sabe não lhe ajudem a visualizar uma porta aberta.
    Querido em seu último texto, no final você falou de Minas e suas terríveis enchentes lembrei-me de um conto que fiz sobre isto, e resolvi reeditá-lo, está lá e tomei a liberdade de no final citar o seu belo texto e seu blog, espero que não se importe, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  2. Essas pessoas estão por todos os lados e infelizmente as vemos, e outros nem mesmo as veem, ou não querem ver, principalmente as autoridades competentes...

    Linda poesia! abração,chica

    ResponderExcluir
  3. Seu tão bem escrito poema, é o retrato de muitos mais do imaginamos. A dor da solidão, abandono, tristeza, pobreza, infelizmente uma triste realidade.
    Que um dia tudo seja melhor para todos...vamos ter este sonho juntos, pois desta forma, mudanças efetivas acontecerão. Perfeita musica, que todos comecemos a criar uma nova realidade, coletivamente acreditando que podemos fazer deste mundo, um mundo melhor e mais justos para todos.E será isso o que vai acontecer.
    Beijinhos, feliz dia querido amigo
    Valéria

    ResponderExcluir
  4. É TRISTE VER A REALIDADE DESTAS PESSOAS, E PENSAMOS QUE ELAS TEM SÓ FOME DE COMIDA, MAS A FOME QUE ARDE A ALMA É A FALTA DE AFETO, OLHAR CARINHOSO E DE ALENTO...

    ResponderExcluir
  5. E as encontramos em cada esquina da vida, poeta!
    Emocionei-me com tamanha sensibilidade impressa no teu belo soneto falando de um assunto tão comovente.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. É TONINHO VC TEM RAZÃO, É MAIS UM GRITO EM FAVOR DOS SOFREDORES E INJUSTIÇADOS.
    NO CENTRO QUE FREQÜENTO, TODAS AS NOITES SAEM PARA DISTRIBUIR SOPA DEBAIXO DAS MARQUIZES E EM TODA PARTE ONDE TIVER ALGUEM PRECISANDO DE AJUDA, SABEMOS QUE NÃO BASTA, MAIS AO MENOS NÃO DORMIR COM FOME E NEM FRIO ´CADA UM GANHA COBERTORES, DA PARA TODOS, MAIS É POUCO , MATAM A FOME FÍSICA E A DA ALMA, É UM PROBLEMA SOCIAL QUE A CADA DIA A GENTE VER CRESCER.
    AMIGO SÓ MUITA ORAÇÃO PEDINDO LUZ PARA TODOS, PARA SEREM TOCADOS E SABEREM O QUE FAZER. UM ABRAÇO. CELINA

    ResponderExcluir
  7. Nossa, Toninho, estou literalmente sem palavras.
    A miséria me indigna, e acho que é uma das maiores chagas da sociedade. É culpa, entendo eu, não apenas do governo, mas, de todos nós.
    Se cada um se pusesse no lugar do miserável, solitário, que vive indignamente, que não carrega da vida senão ilusões, e que já não se dá o direito de sonhar, talvez a consciência fosse outra... e as ações também.
    Bela inspiração, meu amigo.

    Paz e Bem!
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  8. De cortar o coração! - Ando meio molenga... Parabéns, meu amigo! - Abração

    ResponderExcluir
  9. Meu amigo, diante desta imagem, agradecemos ao senhor Deus por nossas riquezas e farturas, e se pudemos sejamos generosos com aqueles que não foram abençoados com a mesma riqueza! AMEM.
    Um lindo dia para você!
    Saudades...

    ResponderExcluir
  10. Linda Tarde cheia de esperanças*Toninho*Andarilhos,moradores de rua quando não se entregam aos caminhos das drogras,são pessoas sábias são grandes profetas..que terminam em nada e renascem para o grande provir de uma nova vida cheia de luz no espaço cósmico.Parabéns pela exaltação a esta imagem.Bjus\Flor**

    ResponderExcluir
  11. É sua amizade que desejo lembrar para sempre e estará sempre em meu coração,
    mantendo-nos aquecidos, fortalecidos e segura de que nunca estarei sozinha.
    E é assim que eu guardo você
    Minha linda Amizade.
    E é assim que eu quero guardar...
    Como alguém que estará longe, mas sempre lembrará de mim.
    Obrigada pelo carinho nesse um ano de Viagem comigo.
    Obrigada por estar do meu lado sempre sem notar meus defeitos
    me aceitando como sou.
    Sei que deixo muito a desejar em responder a sua visita
    mais tenho cada amigo e amiga no coração.
    Me perdoe por levar uma unica mensagem para visita
    infelizmente minhas mãos não ajuda .
    Porem me sinto feliz e recompensada por todos entender minha situação.
    Na postagem tem uma presente desse dia tão feliz para mim
    ficarei feliz em encontra-lo no seu blog.
    Obrigada ,Deus esteja com todos nos nessa jornada
    que Deus me permita estar contigo por muitos anos ainda.
    Beijos e carinhos.
    Evanir

    ResponderExcluir
  12. uma visão real e triste que você, poeticamente, descreveu. Um sofrimento, um abandono... seres humanos como nós, que não podemos julgar, senão ajudar.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Querido amigo Toninho,

    Todos os dias cruzamos com estes infelizes e algumas vezes não os enxergamos...é a triste realidade deste país, que deveríamos tentar modificar.Mas nos acostumamos a culpar o governo e a não fazer nada...
    Bjsssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  14. °º♫ Amigo,
    °º✿ Essa dor lateja na sociedade que insiste em ignorá-la.
    º° ✿♥ ♫° ·.Boa noite, amigo.
    Beijinhos.
    ✿⊱╮

    ResponderExcluir
  15. Cada ser carrega em si a dor de sua alma, nos transtornos dos caminhos da vida...abraços de bom dia pra ti amigo.

    ResponderExcluir
  16. Uma dura realidade de muitos e que está longe de ser extinta, pois cada qual tem sua missão por aqui.
    Há uma razão para cada proposta de VIDA!!!
    Abraços, meu amigo e sempre grata pela sua presença no meu canto...

    ResponderExcluir
  17. Olá,Toninho!

    Que poesia delicada meu amigo!De utilidade social.Uma triste realidade que vemos tanto por ai...que o pouco que podemos fazer seja sempre feito.Mesmo que seja repartir o pão.
    Beijos pra ti!!!Muita luz e paz!

    ResponderExcluir
  18. Tua sensível poesia, amigo Toninho, destacou um mal que passa despercebido na rotina dos dias_ as pessoas invisíveis.Aquelas que apesar de tudo,existem , mas que estão, infelizmente, à margem da vida.
    Que teu canto seja arauto da atenção urgente para estes e estas que não tiveram o respeito merecido.
    Vc faz da poesia teu bálsamo e teu clamor!
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  19. Olá Toninho

    Estou em São Paulo-Brasil, há mais de um mês.
    Vim de Portugal doente e todo o mês de Dezembro
    me aniquilou. Tem sido um tempo muito conturbado.

    Tenho escrito pouco, mas sem possibilidades de contacto com amigos.O pc não é o meu!

    Tenho encontrado por aqui esses quadros tenebrosos
    de miséria e não sei que dizer.

    Mas estou contigo na humanidade que tem sido apanágio de tudo quanto escreves.

    Obrigada, amigo e um Ano Feliz.
    Abraço,

    M. Luísa

    ResponderExcluir
  20. Sempre belas escolhas, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  21. Toninho,que bela e emocionante poesia!Adorei a canção tb!Bjs e meu carinho!

    ResponderExcluir
  22. Show de sensibilidade em tuas palavras.
    Um poema contextualizado na realidade de uma sociedade de desigualdades.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Triste realidade de tantos, que vivem na mais completa miséria, mas vejo com alegria que muitos e muitos estão fazendo sua parte, então com certeza um dia esse quadro não mais existirá.
    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  24. Aos poucos vou voltando, ainda sem postagens novas. Por enquanto, a prioridade será visitar vocês. Adorável poema, meu amigo. Serei breve, pois o caminho será longo, rs. Logo mais eu retorno ao seu blog.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  25. Amigo Querido.
    Hoje vi que temos uma grande amiga em comum.
    Marcia Luconi.
    Uma mulher excelente por natureza dona de um coração gigante e a algum tempo minha amiga fora da telinha também.
    E Luconi a revisora do meu livro estou muito feliz vendo o quanto ela se desdobra o quanto ela é especial.
    A tristeza bate em nossos corações vendo o sofrimento de alguns Estados do Brasil.
    Obrigada por ser meu amigo.

    ResponderExcluir
  26. Lindo teu poema...Uma realidade tão triste , mas está presente em todos os lugares...Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  27. A nossa felicidade nunca é completa porque temos que conviver com a desigualdade que nos deixa indignados e a sensação constante de impotência que nos aniquila.
    Cadê nossos governantes?

    Lindo poema com o grito que se faz cada vez necessário.
    Um abraço.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.