Páginas

terça-feira, 20 de março de 2012

No meio das reticências.












No meio das reticências.

Procuro- te nas reticências do espaço.
Suspiro exclamativo de uma euforia,
Sinto que a paz se aconchega no abraço.
Tripla fusão de pontos desta alegria.

Incertas todas as horas de tua ausência
Sombrio porão do coração angustiado
Neste teu sentir reticente sem cadencia
Sobra um vazio de coração abandonado.

No amor não cabe esta incerteza
Pois que ele vive pela intensidade
De todos quereres feitos de clareza.

Dosa-te o pensamento com sutileza
Orna-te em sentimento de eternidade
E viva este amor como uma tigresa.

Toninho.
19/03/2012.

"O amor calcula as horas por meses, e os dias por anos; e cada pequena ausência é uma eternidade".
                                                                                                                                        John Dryden

46 comentários:

  1. Pensei em ti ontem em meio às reticências... Aqui estás, com essa formosura de ler e deleitar, nesta tarde tão lânguida! Não desapareça mais nas reticências. Forte abraço!

    ResponderExcluir
  2. No meio das reticências
    tem devaneios e temas
    tem silêncio de palavras,
    tem palavras e poemas...

    Nas minhas falas guardadas
    tem porções de reticências
    são segredos de minha'lma
    o que não sei, inocência

    Pontinhos onde dei saltos
    amarelinhas da infância,
    hoje poeira e asfalto,
    sem jardim de esperança...

    Gosto das reticências,
    faço delas adivinhas
    coisinhas da consciência
    escritas das páginas minhas...


    Olá Poeta
    Brilhante exemplar poetico...
    Aproveitando para deixar
    cá os parabéns pelo dia do
    Blogueiro e como tu eu sou
    também...

    Abraços

    Livinha

    ResponderExcluir
  3. Lindas e tão inspiradas reticências, aliás, que adoro usar...

    Linda poesia, parabéns sempre! abração,chica

    ResponderExcluir
  4. OI AMIGO TONINHO PASSANDO RAPIDINHO PARA LHE DESEJAR UM ÓTIMO DIA DO BLOGUEIRO KKK POIS É NEM EU SABIA QUE TINHA ESSE DIA, BEIJOS

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Toninhobira, versos lindos cheio de reticencias e outros pontos, mais todos muito bem empregados,parabéns pela poesia, agora sim, cantasse o amor, como deve ser cantado. Parabens para nós pelo dia do blogueiro. Um abraço, Celina

    ResponderExcluir
  6. Uma beleza!!Versos que encantam!Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Toninho!
    Liiiindo!
    Adoro usar uma reticência, mas no amor só queremos certezas, não? Você como sempre falando de amor de maneira tão sublime.
    Abração!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns para nos que tanto carinho temos pelas nossas amizades
    quantos vezes mesmo cansados procuramos de alguma forma acarinhar
    nossos amigos(AS).
    Na verdade ao longo do tempo fez nossa amizade crescer
    hoje somos como irmãos .
    Uma verdadeira nação de blogueiros unidos no amor.
    Um beijo carinhoso pelo nosso dia.
    Que muitos anos possamos comerar cada vez mais unido essa Dia.
    Carinhos meus.Evanir..

    ResponderExcluir
  9. "O amor calcula as horas por meses, e os dias por anos; e cada pequena ausência é uma eternidade".
    John Dryden

    Vô falá pro cê viu!!!!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Meu querido amigo !
    Hoje venho vestida de blogueira para pedir e desejar felicidade prá vc,prá mim,prá nossos amigos que fazem esse mundo acontecer,virar,mexer,remexer o mundo do bloguista...
    FELIZ DIA DO BLOGUEIRO !!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Como é dificil as ceretezas,pois se viver é tão incerto, mas na alma do poeta tudo é possível.
    Feliz dia, que já se esvai, do blogueiro, agradeço seu carinho e atenção de sempre.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Meu querido amigo

    O amor é mesmo esse emaranhado de emoções...de esperas e demoras...de ausências e vazio.
    Como sempre adorei.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  13. Até posso aceitar as incertezas, quando anunciadas claramente. Mas não gosto de reticências, pois podemos preenchê-las com entendimentos equivocados. No amor, tudo há que ser límpido, seja no sim, seja no não.
    Seu poema as tem no nome, mas não no lindo conteúdo. Bjs.

    (Meu amigo, estou lá na final do PENA. Se ainda não escolheu um dos concorrentes, candidato-me ao voto (rss).

    ResponderExcluir
  14. Nesses caminhos da vida, na maioria das vezes vamos encontrar incertezas,,,mas que no fim, elas nos venham trazendo o amor e a felicidade que tanto buscamos...abraços de bom dia pra ti amigo.

    ResponderExcluir
  15. Meu amigo, o amor deve ser segurado com unhas dentes, garras.

    Uma vida sem amor, é uma vida vazia, somos meras marionetes dos dias.

    ResponderExcluir
  16. Ah, Toninho,
    que coisa boa são essas amizades que construímos ao longo da vida. Você é uma delas.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Aproveito sempre seu espaço para me banhar das palavras mais puras...
    Aproveito o dia de hoje para tbm parabenizar os poetas por ser o dia MUNDIAL DA POESIA.
    Nas mãos dos poetas tudo se transforma em versos tudo que nasce na imaginação...
    E vc se torna poeta toda vez que ler uma poesia...
    bjsssssssss!!!!

    ResponderExcluir
  18. Adoráveis versos meu querido amigo, Toninho... saudade, amor, são sentimentos que combinam demais com reticências, nos cabe tantas emoções no peito quando os sentimos.
    Com certeza, reticencias dá margem pra tantas coisas, abre um leque de possibilidades, cria uma aura de mistérios...
    Beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  19. Toninho,

    Versos maravilhosos no meio das reticências.

    As reticências e o ponto de exclamação, são ótimos auxiliares da linguagem afetiva e poética, tudo depende do estado emotivo do escritor.

    Como diz o grande poeta Mário Quintana. "As reticências são os três primeiros passos do pensamento que continua por conta própria o seu caminho".

    Abraço meu amigo e grande semana.

    ResponderExcluir
  20. Oi Toninho, que lindo e terno poema, eu adoro usar as reticências, fazem parte dos meus textos e versos. Ótima tarde pra ti amigo!

    ResponderExcluir
  21. Toninho querido,

    Que estas reticências não te tragam tristezas,pois após as mesmas se pode sonhar e imaginar o que se desejar...que teus sentires e quereres sejam sempre partilhados e nunca surja um ponto final.
    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  22. Olá Toninho,

    De facto, reticências, não dão para o amor, nem outros sinais de pontuação.
    Seu poema é lindo e dócil, sem reticências, é claro.

    Hoje, Dia Mundial da Poesia, fiz um poema, que gostaria, que você lesse. Obrigada.

    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  23. Tens toa razão...no meio do coração é que brota o lugar chamado solidão...
    Lindo!

    Beijos Toninho!!

    ResponderExcluir
  24. Nas pausas reticentes jorra toda a poesia dum coração apaixonado que espera correspondência na pontuação seguinte.Sempre!
    Belezas espalhadas amorosamente.
    Obrigada por todo teu carinho aqui e lá no Fractais e parabéns pelo dia do blogueiro, amigo Toninho.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  25. Olá, Toninho!

    O amor reticente, é um amor hesitante, por isso, cheio de incertezas... Que vivamos os nossos amores com intensidade, como verdadeiros tigres e tigresas.

    Belo soneto!

    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  26. Psiuuuu, que escritos maos lindo amigo meu!! Emociona, é forte e ao mesmo tempo sensível!!
    Que Deus te de cada vez mais asas a sua imaginação!
    Com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  27. Amigo Toninho boa noite! Aqui venho de passagem para lhe saudar!
    Estou os últimos dias ausente, por razão de uma forte gripe as últimas semanas tenho acumulado alguns trabalhos que preciso por em dia. Almejo algum tempo livre este fim de semana!
    Linda noite meu amigo!
    Lembranças
    Ange.

    ResponderExcluir
  28. Lindo trabalho, meu amigo! - Parabéns! - Abração

    ResponderExcluir
  29. Bom dia,Toninho!!!

    Que saudades amigo!!!!
    Belíssimos versos que tocam na alma e emocionam!
    É tão difícil viver esta incerteza...Mas a inspiração é indiscutivelmente linda!
    Beijos pra ti!!!Bom final de semana!
    Cheio de paz e luz!

    ResponderExcluir
  30. Toninho as reticências sao muito usadas quando falamos de amor..de saudades..sentimentos esses que muitas vezes doi ne?..mas é lindo também quando acontece o reencontro..quando acontece as concidências da vida..
    Toninho amigo mineiro bom fim de semana
    titi

    ResponderExcluir
  31. Valeu Toninho por compartilhar esta sua inspirado soneto.Bjus\Flor*

    ResponderExcluir
  32. Olá amigo!
    Olha eu aqui lendo com euforia e êxtase essa tua reticência de puro amor, inspiração e beleza!

    Saudades de estar aqui neste teu aconchegante cantinho poeta!

    Carinhos meus pra ti viu?
    Beijos de Flor

    ResponderExcluir
  33. Lindo, tudo sempre muito lindo AQUI!!!!!
    Parabéns meu amigo Poeta.
    Abração
    Vania

    ResponderExcluir
  34. O que seria de nos sem o amor...
    Abraço Lisette

    ResponderExcluir
  35. Olá amigo querido, como sempre você mexe muito conosco somente com suas palavras, que lindo me deixou muito emotiva este texto, amei muito...como você consegue criar textos tão lindos...bem já sei...você deve amar muito a vida...pois é assim que aprendemos e começamos a amar...beijos e xeros

    ResponderExcluir
  36. Ah meu amigo poeta, que delicia estar aqui e ler algo assim, tão especial,escrito com sapiência e muito talento, bem é verdade no amor as incertezas não cabem, pois elas nublam o sentimento, podam as espontaneidades, deixamos de viver o sentimento da forma mais bela que há, parabéns amigo, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  37. Boa noite, querido amigo Toninho.

    Muitos são assim, para garantir a conquista. Mas não dura muito tempo. Um dia a máscara cai.

    Tenha um lindo fim de semana.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  38. AMIGO, COMENTAR AQUI É A COISA MAIS FÁCIL DE SE FAZER.

    BEIJOS.

    ResponderExcluir
  39. Reticências carregadas de sentimentos e poesia!
    Um belíssimo soneto, Toninho!
    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  40. Adorei Toninho
    Entre reticências a mais linda inspiração
    como sempre.

    Um lindo final de semana.

    ResponderExcluir
  41. Querido e amigo poeta,
    Adorei seu poema!
    "... Procuro-te nas reticências do espaço...".
    Lindo e enternecedor este amor dosado pelo tempo.
    Você é de uma versatilidade admirável, Toninho.
    Faz versos que encantam e embalam nossa alma. Parabéns, querido! Bela postagem!
    Um ótimo final de semana e um grande beijo em seu coração.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  42. Concordo plenamente com seu versejar Toninho.
    O amor não merece reticências ...tem que ser completo e eu vivo treinando não usá-los rs
    Adorei ,parabéns
    um bom sábado

    ResponderExcluir
  43. Adoro teu jeito de escrever sobre o amor...e as reticências encontramos o que queremos...reticências escondem muito também...
    Beijos amigo!

    ResponderExcluir
  44. Bom Domingo Toninho.Grata pelo carinho de sempre.Sucesso.Bjus\Flor*

    ResponderExcluir
  45. Um poema desse, uma música dessa, tristeza reticente... insistente.
    Boa semana!
    Beijinhos.
    Minas
    ¸.•°`♥✿⊱╮

    ResponderExcluir
  46. Simplesmente perfeito, abraco Lisette.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.