Páginas

domingo, 14 de setembro de 2014

Saber desta saudade.


Saber desta saudade.

Sei desta triste saudade,
que desagua como uma cachoeira,
que inunda os rios e os verdes campos,
difícil é entender uma saudade tão feroz.

E se já não cabe mais tanta saudade,
deixai que transborde pelos olhos,
lave o peito combalido pela dor,
faça uma lagoa deste amor.

Sei desta saudade, que faz a felicidade,
desta que faz nosso dia brilhante,
que vem na maior velocidade
estonteante, mas que se vai.

Mas aquela da estação
no ultimo toque das mãos e lábios
embaçada na incerteza de uma volta
é a que mais dói embarcada naquele trem.

Mas ainda sei desta saudade perfumada,
que vem numa estação encantada,
de cores alucinantes de aquarela,
que se instalou na primavera.

Toninho
13/09/2014
*******************************************************
Tem coisa nova no ouro blog onde posto participações em outros blogs  é só clicar toninhobira.blogs
 Bom domingo para uma nova semana feliz e de paz. 

13 comentários:

  1. UFFFFFF, UNA DESPEDIDA QUE ALTERA, PERO QUE TAMBIÉN AUGURA ESPERANZAS.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  2. Toninho...Sabes tudo das saudades e quando ela chega forte, derramamos lágrimas, vertem sem convite... E saudades de quem nos despedimos é grande! Adorei! abração, linda semana,chica

    ResponderExcluir
  3. Ei Toninho
    Saudade, palavra triste quando invade o coração...... assim diz uma música antiga.
    Como dói uma saudade, viu.
    Muito belo seu poema.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Ah meu amigo acho que nunca essa
    saudade sai da gente, tentamos ficar sem ela
    mas quando vem fica sempre

    Lindo lindo bjuss de bom final de tarde

    Rita!!

    ResponderExcluir
  5. Amigo Toninho..
    E falando em saudades estou aqui por esse motivo ..
    saudades de você meu amigo.
    Tenho ficado um pouco ausente porém sem me esquecer de cada pessoa ,
    que esta comigo a longa data ,
    e você vem de longe amigo.
    Quero muito publicar meu segundo livro no próximo ano
    isso também tem marcado um pouco dessa ausência .
    Espero em Deus estar na próxima Bienal ..
    Fiquei um pouco triste não deu para sair esse ano
    seria na Bienal de BH..
    Tudo no tempo de Deus né amigo Toninho?
    Com amizade e muito carinho desejo uma abençoada semana,
    abraços..Evanir..

    ResponderExcluir
  6. Saudade...sempre estará presente em nossas vidas... Bom é quando nos faz feliz e nos dá paz. Bjus querido.

    ResponderExcluir
  7. Mineirinho, creio que todos nós conhecemos e alimentamos a saudade. Há momentos que não desejamos esquecer, ainda que saibamos não nos vão voltar. Deles temos uma saudade bela porque nos fizeram felizes. Há outro tipo de saudade que muito machuca, a que vem com a desilusão. Tudo que se recorda traz dor. E mesmo assim, muitos continuam a lhe dar morada. Tenha uma linda semana. Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Olá, amigo Toninho
    Se for saudade boa que ela ultrapasse as Estações... caso contrário, a beleza da Primavera vai produzir novas flores no ar (coração)...
    Bjs fraternos e ótimo fim de Domingo!

    ResponderExcluir
  9. Que lindo poema Toninho.
    E essa saudade que faz parte da vida de todos...quem está livre dela?
    Mas deve também fazer parte da vida de todos; é a esperança. Ela tarda um pouquinho mas não falha!
    Um abração e uma ótima semana!!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  10. Oi Toninho muita paz, a saudade mata a gente como diz o cancioneiro popular, saudade só com esperança , existe diversas formas de saudade melhor é aquela que tem a esperança por companhia. abraços Celina

    ResponderExcluir
  11. Toninho
    Posso dizer que amei o poema. Tenho para mim, que saudade nunca será tristeza, a feliz recordação dos nossos bons momentos.
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Oi Toninho saudade é a presença do ausente. Curte essa , com certeza é de algo bom.
    Linda poesia e retrtata um Toninho de alma sensível e coração ardente.
    Gostei que me visitaste, aparece sempre e coloca coisas lindas no meu blogue.
    Abraço carinhoso e bom dia!

    ResponderExcluir
  13. A saudade meu amigo é um vazio cheio de tudo, até de poesia linda como esta que nos ofereceu.

    beijinho

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.