Páginas

sábado, 11 de janeiro de 2014

Trovas por ai.











Há um desejo ardente,
Nesta minha loucura.
Com sonho indecente,
Vivo numa tortura.

Quem vive uma paixão,
Vive sempre em perigo,
Tranca a própria prisão,
Nunca sabe do postigo.

Quero viver um amor,
Numa linda relação,
Ser sempre um sonhador,
Cúmplice na emoção.

Toninho.
18/12/2013
**************************************************
1-Estas trovas foram inspiradas estimuladas pelas palavras em destaque, num convite da querida Nádia do excelente blog   gritosdealma.
Agora posto aqui para quem não teve acesso.

2- A musica faz parte de meu passado nas Minas Gerais terra da seresta. 
**************************************************
Um lindo sábado a todos.
 

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Mulher de um novo tempo.


Algumas mulheres nascem como uma estrela,
e brilham naturalmente.
Outras têm que lutar por toda vida pelo pão
e se apagam com o suor da solidão.

Muitas lutam pela liberdade e alegria
Desenvolvem e se projetam ao sucesso,
Estas arrastam uma nova legião de mulheres.

Houve um tempo que era somente submissão.
Estrangulação das esperanças e sonhos.
Implantação do medo do terror entre paredes
Eram vidas esmagadas subjugadas.

Como a flor brota, floresce uma resistência,
Surge a determinação, rompe barreiras,
Fim das correntes e grilhões, sem mordaças.

Nasceu a nova mulher com sua força oculta,
Embriagada pela justa liberdade e igualdade,
Explode a mulher sem perder a sensibilidade,
E crava sua marca definitiva na história.

Toninho.
09/01/2014

Uma lembrança/homenagem a Simone de Beauvoir,que muito soube fazer a diferença na renovada mulher nascida em 09/01/1908.

Ontem em Salvador uma mulher foi cruelmente assassinada com facadas pelo seu ex-marido, quando se dirigia para seu trabalho. A mesma já tinha queixa na delegacia de proteção à mulher.
E daí?

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

A força bruta







Nada vale o grito de ameaça.
Sobre o muro da perversidade,
Expõe tua corroída carapaça,
Que esconde toda tua maldade.

Alimente o coração com leveza,
Que esmagará tua má intenção,
A alma se apresenta na lindeza
Festa de pássaros na arribação.

A força bruta não tem futuro,
No seio de um relacionamento.
Ainda que tu sintas inseguro 
Abra o coração ao sentimento.

Sinta no amor a força geradora,
Que revoluciona uma relação,
Pois é a única força zeladora,
Na pacificação e selo da união.


Toninho.
03/01/2014

domingo, 5 de janeiro de 2014

Desconstrução


Finge que ama
Só a fama.
Conta estrelas
Apagam-se.
Passarinhos coloridos
Gaiolas.
Cantoria matinal
Silencio.
Pedras nas calçadas
Ruínas.
Espelho cristalino
Pavor.
Felicidade distante
Vida murcha.

Toninho.
01/01/2014

*************************************************
Iniciando mais um ano soltando palavras aos ventos nas asas de borboletas e em bico de passarinhos, pois eles simbolizam a liberdade e que sejam sempre livres. Oxalá as inspirações não venham em lombo de tartarugas.
***************************************************
Um abraço especial à nossa amiga Severa que tem sofrido com a perda de seu blog, no que sugiro aos amigos sempre fazer um backup do blog para evitar estes transtornos. É facil na plataforma blogger.
***************************************************
 Meu prazer é seguir a nossa viagem.
Um carinhoso abraço a todos.