Páginas

quinta-feira, 12 de março de 2015

Alucinação




Caminhava pela praia vazia,
numa manhã comum de outono.
O vento varria folhas secas da praia,
apenas coqueiros descabelados pelo vento.

Profunda solidão habita barracas vazias,
cercada por arvores nuas semimortas,
pálidas pareciam umas esculturas,
Do artista ermitão desiludido.

olhava para o mar como um navegante,
procura o vento, que o leve ao porto
para os braços da sua morena,
a esperar com lábios de mel.

Ainda com a cabeça em maresia alucina,
sob o sol que castiga impiedosamente.
Refugia-se numa sombra, adormece.
O farol denuncia que já é noite.

Toninho.
11/3/2015
********************************************************* 
Aqui também tem coisas minhas: toninhobira.blogspot.com.br/







26 comentários:

  1. Boa noite, caro amigo
    Sempre nos brindando com seus poemas belos, com seu talento e sensibilidade.
    O vídeo é ótimo.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Adoro o Renato Russo e adoraria poder ter uma alucinação assim e acordar só ao ver o farol iluminado! Lindo poema, linda foto! Valeu! Boa noite, abração,chica

    ResponderExcluir
  3. Renato Russo é tudo de bom. Andar na praia vazia, nos leva a grandes reflexões da vida.
    Beijos, parabéns pelo lindo poema Toninho

    ResponderExcluir
  4. Bonita alucinação ,gostei muito um grande abraço .

    ResponderExcluir
  5. Caro amigo Toninho
    Uma alucinação como essa fascina quem lê e você Toninho nos envolve com a magia dos teus soberbos versos.
    O vídeo é lindo! E essa música é fantástica!
    Parabéns pelo belíssimo poema
    Beijos e abraços desta amiga que te admira grande poeta

    ResponderExcluir
  6. Bela composição que faz um voo pelos sonhos da paixão.
    bjs
    Lindo fundo musical, ótima escolha

    ResponderExcluir
  7. Belíssimo poema. Renato Russo é demais!
    Muito lindo Toninho parabéns!!
    Um abraço
    Amara

    ResponderExcluir
  8. Bom dia, Toninho.
    Amo Renato Russo, essa letra e melodia são lindas.
    Quisera que o vento nos levasse mesmo para o nosso amor, serenizasse o nosso coração e refrescasse a nossa alma, mas em vez disso, o deserto é mais seco do que tudo, e essa travessia dói, estação ingrata.
    Lindíssima a sua poesia, como sempre.
    Parabéns.
    Beijos na lama e lindo fim de semana de paz.

    ResponderExcluir
  9. Correção: Beijos na ALMA, almaaaaaaaaaaaaaa.

    ResponderExcluir
  10. Lindo poema, certamente construído em um momento de muita introspecção.
    Maravilhoso, Toninho!

    ResponderExcluir
  11. Olá, Toninho,

    O mar é assim mesmo, diante de tanta grandeza podemos deixar a imaginação fluir. Muito bom, obrigado pela visita.

    Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
  12. Olá, Toninho,

    O mar é assim mesmo, diante de tanta grandeza podemos deixar a imaginação fluir. Muito bom, obrigado pela visita.

    Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
  13. Belo poema. Bom dia d epaz e um fim de semana cheio de alegrias poeta amigo. Vim te convidar a ler no blog as novidades e tbm conhecer minha letra hehhee. Abraços

    ResponderExcluir
  14. Olá, amigo Toninho
    Que vc nunca seja um ermitão desiludido!!!
    Fico pensando como é morrer em vida dessa forma... é pena que seja assim muitas vezes para muitos de nós.!!!
    Bjm quaresmal

    ResponderExcluir
  15. Oi Toninho, boa tarde muita paz . Mais uma linda poesia , com uma música linda, . Estou me adaptando com o not novo. Um abraço carinhoso .

    ResponderExcluir
  16. Toninho meu antivírus é pago e estava atualizado mas quando olhamos ele estava com um bloqueio com isso parou de funcionar.Mas agora mudei para Linux, embora bem diferente estou me acostumando e navegando mais tranquila. Obrigada pelo interesse e linda tarde.

    ResponderExcluir
  17. Caro amigo, muito obrigada pelo seu carinho, pelas palavras de consolo deixadas no bloguinho.
    Fiquei feliz.
    Um abraço afetuoso.

    ResponderExcluir
  18. Uma música excelente leva-nos a meditar na tua ponte poesia. És um grande poeta!
    Abração.

    ResponderExcluir
  19. Ficou uma bela combinação, música, imagem e poema, e o mar...ahh o mar, minha paixão né?
    Sempre bom te ler, inspiração sempre em alta, toca o coração.
    Quanto as fotos, naquela época eu tinha mais tempo, não trabalhava tanto e tinha uma câmera boa, hoje tanta coisa mudou, enfim...
    Ótimo fim de semana querido amigo, beijos

    ResponderExcluir
  20. Toninho,

    A beleza do mar lhe inspirou uma linda poesia.
    Essa música é linda,e, marcou uma linda fase de minha vida.
    Um lindo e abençoado Domingo! Abraços

    ResponderExcluir
  21. Toninho,

    A beleza do mar lhe inspirou uma linda poesia.
    Essa música é linda,e, marcou uma linda fase de minha vida.
    Um lindo e abençoado Domingo! Abraços

    ResponderExcluir
  22. MUY BONITAS IMÁGENES!!!!
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  23. Bom dia Toninho.
    Meu amigo que linda poesia e musica também, ambos nós transmitindo a paz que o mar nós proporciona. O mar para mim é uma dadiva, amo ficar na areia a ouvir o som das ondas, o suor descendo pelo meu corpo, diante do sol escaldante rsrs, como a minha família não curte nada disso fico sozinha na praia a aproveitar a minha propria companhia rsrs. Um lindo domingo . Beijos.

    ResponderExcluir
  24. Uma música linda que ficou perfeita no seu belo poema.
    O mar alucina e seduz, tal como a morena dos seus sonhos.
    Poesia é vida, é amor!

    Desejo-lhe uma excelente semana amigo Toninho.
    beijinho

    ResponderExcluir
  25. Oi Toninho! Nossa...ficou muito bonito seus versos,fiquei imaginando a cena desta praia com os coqueiros descabelados pelo vento...Boa semana!

    ResponderExcluir
  26. Oi Toninho que lindos versos...E que bela música do Renato Russo!
    Linda postagem
    Abraços!
    Mariangela

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.