Páginas

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Façanhas da paixão.



O que fazer com uma saudade,
devastadora como o vendaval,
serpente de minha felicidade,
com o veneno na picada letal.

O que, posso fazer nesta hora,
se uma dor reina no coração?
Se o amor um dia vai embora,
noutro dia vem como furacão?

Onde encontro os meus versos,
com as entrelinhas tão silentes,
para que o poema ora disperso,
faça saber a verdade da gente?

Quisera agora sentir o abraço,
que exorciza minhas fantasias,
que o menino alado com o laço,
fez sua arte na fatal pontaria.

Vidas entrelaçadas na flechada,
o amor em tortuosos caminhos,
no meu corpo sinto a lambada.
sob meus pés cravam espinhos.

Toninho
Junho/2015
Apenas uma inspiração. 
estou por lá em varios desafios siga toninhobira.blogspot.com.br/
****************************************************************
Uma bela semana para todos. 


32 comentários:

  1. Paixão e saudade, uma sensível dupla para um ser enamorado. Bonita inspiração.
    Boa semana. bjs

    ResponderExcluir
  2. Versos sentidos oriundos de um coração sensível. Sentires inspiradores instigaram tua pena com vontade. Mil aplausos para sua linda obra.

    Noite de Paz, desejo a vc Toninho!
    Bjs no core!
    Noite de paz, T

    ResponderExcluir
  3. Lindos teus poemas! Realmente uma inspiração :)

    Toninho, obrigada pela observação lá no blog, já arrumei, rsrs.

    Tenha uma abençoada semana! Abraços

    ResponderExcluir
  4. Uma inspiração linda essa, aliás, mais uma! A poesia realmente mora em ti! abração, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  5. Um verdadeiro poeta :)
    Lindo!!! A saudade, ai a saudade, esse sentimento tão presente em nossa vida!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Toninho,
    lindo demais os seus poemas, parabéns!
    Uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  7. Linda inspiração versos de paixão e saudade que explodem na alma

    ResponderExcluir
  8. TUS VERSOS SIEMPRE MARAVILLOSOS.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde Toninho,
    Um poema muito belo e embora nostálgico nos remete à realidade do amor!
    O amor também tem seu lado menos agradável e a vida nem sempre é um mar de rosas e, por vezes, os espinhos nos ferem!
    Beijinhos e uma boa semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  10. Oi Toninho
    O que fazer com uma saudade devastadora, se não pudermos aplacá-la, o jeito é curtir e contentar lendo uma belezura de poema como o seu.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  11. Toninho, a saudade...a impossibilidade de se ter, momentaneamente ou não..quem a gente quer...ficam bem numa poesia, em versos como o seu....mas todos nos, já um pouco rodados nesta caminhada, sabemos como aperta e sufoca a alma.Linda poesia.Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  12. Toninho, a saudade...a impossibilidade de se ter, momentaneamente ou não..quem a gente quer...ficam bem numa poesia, em versos como o seu....mas todos nos, já um pouco rodados nesta caminhada, sabemos como aperta e sufoca a alma.Linda poesia.Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  13. Saudade do amor que o tempo incessantemente teima em lembrar ,maravilhoso caro amigo ,um grande abraço .

    ResponderExcluir
  14. A nostalgia do enlevo amoroso : ora voando entre nuvens , ora conturbado como as marés. Mas se assim não fosse, onde estariam os poetas onde reside a beleza para cantar o infortúnio !
    Belo querido amigo ! Assim, com esse coração de ouro! Fraterno abraço , Toninho

    ResponderExcluir
  15. oi Toninho
    "O que fazer com essa saudade?" _ também digo eu...
    seu poema faz aumentá-la porque trás essa nostalgia propria dos corações sensíveis.
    Obrigada ,kirido
    abraços

    ResponderExcluir
  16. Saudade de amor dói! O que fazer com essa dor?
    Mais uma linda inspiração!
    Uma abraço grande!
    Amara

    ResponderExcluir
  17. Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
    Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita.
    Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
    Sou António Batalha.

    ResponderExcluir
  18. Maria Bethania ja dizia:
    "A saudade mata a gente, morena
    A saudade é dor pungente, morena"

    Beijos, Toninho...

    ResponderExcluir
  19. Bom dia Toninho,
    Um poema belo, que tocou meu coraçao, é à realidade do amor! As vezes ele machuca. Amei a musica ate o nome faltando o pedaço é assim que sentimos quando acaba-se um relacionamento, acabei de terminar meu namoro, não me arrependo, mas os espinhos ferem! Estou em frente a janela, parece que hoje vai ser um dia de sol, que bom, espero que amanhã o sol brilhe rsrs. Um lindo e feliz final de semana meu amigo. Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  20. Os desencontros a doerem na saudade...
    Beijo.

    ResponderExcluir
  21. O amor deveria ser somente a arte do encontro e jamais dos desencontros!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  22. Boa noite Toninho
    Obrigada pelas visitas lá no blog.
    Parabéns pelas lindas palavras inspiradoras nesse poema.
    Tenha um final de semana com as bençãos de Deus

    ResponderExcluir
  23. Olá amigo,

    Apenas uma inspiração? E que bela inspiração!!
    A paixão é mesmo cheia de artimanhas e causa estragos nos corações que abraça. O saldo sempre caminha para dor e saudade, mas rende belas poesias-rs.

    Ótimo final de semana.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  24. Lindos versos Toninho!!! Sentimentos aflorados...
    Por favor aceite a minha solicitação para te seguir no Instagram.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  25. Um poema muito inspirado amigo Toninho.
    O amor é assim faz sofrer mas é tão bom!
    Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  26. Boa noite, querido.
    Li e reli e fiquei a meditar em tua profunda, vasta e belíssima poesia!
    Versos muitos sérios nos presenteou aqui, pois é a realidade da vida coberta de poesia.
    Vejo as oscilações que tanto deixam um coração triste e alegre em uma clara confusão, certamente vítima de Cupido, que armou essa cilada que liberta e aprisiona ao mesmo tempo.
    Nem sempre vivenciamos os caminhos do amor como gostaríamos por diversas razões, que já estão escritas, e, a euforia mágica que preenche o coração, por vezes, dá lugar ao tempo de solidão.
    E esta solidão é a dor cruel que sangra sem vermos escorrer por nossa pele, é dor invisível, a alma desespera.
    O que fazer? Pergunta muitas vezes sem resposta, pois a realidade, o concreto é dúbio, assim como a emoção.
    Vem então, o labirinto, não entendemos como entramos, demos voltas e nos perdemos.
    Acredito que o destino se encarregará de elucidar todas as dúvidas existentes na alma apaixonada e dorida.
    APLAUSOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOS!
    Adorei, você é maravilhoso, de uma sensibilidade extrema e eu adoro você.
    Tudo de bom, Toninho.
    Beijos na alma e paz.

    ResponderExcluir
  27. Oi Toninho!Que bom seria se do amor só tivéssemos o que tem de bom...Porque saudade dói pra caramba.Belos versos!

    ResponderExcluir
  28. Oi Toninho!Que bom seria se do amor só tivéssemos o que tem de bom...Porque saudade dói pra caramba.Belos versos!

    ResponderExcluir
  29. Parabéns Toninho!
    Retribuindo tua visitinha e atualizando minha leitura;
    AbraçO

    ResponderExcluir
  30. Amor, dor, saudade... nem sempre nessa sequência. Seu canto pelos caminhos do sentimento ficaram belos, meu amigo. A paixão tem cores que desbotam. Bjs.

    ResponderExcluir
  31. Olá, Toninho, você reparou como essas palavras, saudades, amor, paixão são as mais belas e melodiosas da nossa língua portuguesa? Por certo são, mas como fazem estragos, também! E são as que mais nos fazem sofrer. E são misteriosas, fazem sofrer, emergem como um furacão trazendo toda a felicidade do mundo e logo, logo, fazem estragos novamente!
    Beijo, amigo! Belos versos como sempre!

    ResponderExcluir
  32. Impossível não se emocionar ao ler tão belo e perfeito poema!

    Saudades dos amigos blogueiros. por isso voltei... Beijos de luz.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.