Páginas

sábado, 12 de dezembro de 2015

Pequena flor.






Pequena flor nasceu no meu jardim,
era como um grão de areia esta flor,
a minha flor miúda beleza carmim,
a presença marcante com o teu odor.

Pelas manhãs sentia o teu perfume,
Sempre já refeita dos raios solares,
uma fiel espectadora dos queixumes,
que lhe fazia aos estranhos olhares,

Às vezes um transeunte a agredia
com as mãos ácidas. Ela murchava.
Mas no sereno da noite já renascia,
como uma flor da vida e com alma.

Então nas quatro estações mutantes,
sentia a sua força de viver tão pura,
quedava-me aos encantos. E arfante
suspiro silenciosamente na ventura.

Toninho
Dezembro/2015

 
******************************************
Um bom fim de semana a todos. Grato sempre.

30 comentários:

  1. Oi Toninho, Boa tarde.
    poema delicado, reconfortante, q conta histórias breves de algumas vidas q nascem pra embelezar o mundo e as Almas. Tenha um fim de semana cheio de paz. Abraços

    ResponderExcluir
  2. Bom dia meu bom amigo, será bom dia para si...para mim já é boa tarde, que lindas são as flores cuidadas por quem as ama: pena sim é quando as mãos más e traiçoeiras lhes tocam e as deixam impuras.
    Mas de certo algum dia em algum lugar haverá novamente mãos serenas e se-dosas que as reabilitam, beijinhos de luz e um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. Que encantadora sua pequena flor!Espero que ainda esteja no seu jardim!Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Que encantadora sua pequena flor!Espero que ainda esteja no seu jardim!Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Cuidar das flores é mais que tocá-las é saber sentir o perfume e alongar-se em sua vida tão curta, sem roubá-la apenas observar e senti-la dentro do coração. Lindo e mágico tua composição poeta. Tem muitas novidades no Poesia, bjs e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  6. Na suavidade de uma linda flor revela-se a fragilidade do viver ,simplesmente belo caro amigo ,um grande abraço .

    ResponderExcluir
  7. Amigo Toninho
    É muito linda sua rosa vermelha, tal e qual seus versos a nos alegrar sempre.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. Olá, amigo Toninho
    Quando nasce uma rosa em nosso jardim é bom indício de felicidade que está por vir... Deus é bom!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  9. O vídeo que escolheu tem linda música, apesar da melancolia que passa. Sua flor não é frágil, porque renasce em outra estação. Vida breve que encanta, meu amigo, e que não lamenta. Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia querido Toninho.
    Que linda poesia, as flores não ensinam tanto, observamos a sua fragilidade e a necessidade de toca-las com carinho e cuidar diariamente. O perfume agradável que nós proporciona é algo divino. A brevidade de algumas flores na existência, não acaba o prazer que foi ver a flor crescendo e embelezando o nosso viver. Um lindo domingo meu amigo. Um grande abraço.
    Queria o sol, mas agora bem que uma chuvinha vinha em bom momento para refrescar rsrs, por aqui um calor infernal rsrs.

    ResponderExcluir
  11. Temos de ser persistentes como essa flor e não deixar que mãos ácidas nos tirem a vontade de viver.
    Beleza, Toninho!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  12. As flores são mesmo uma metáfora da vida!
    Estou voltando aos poucos... saudade daqui!

    ResponderExcluir
  13. Falar de flores é falar de amor! um presente para a alma!!!! grande abraço

    Leila

    ResponderExcluir
  14. Oi Toninho
    Obrigada pelo seu carinho e atenção sempre deixados no bloguinho.
    Até que enfim a chuva tem dado o ar de sua graça por aqui, a natureza já está agradecendo depois de tantos meses de estiagem, vamos confiar e torcer para que chegue até os mananciais.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  15. Linda música, linda imagem e bela poesia.

    Obrigada, amigo, pela doce e gentil companhia durante o ano em curso.
    Por ora, despeço-me, desejando a você e familiares um santo e feliz Natal e um 2016 pleno de saúde, paz, maravilhosas inspirações e gratificantes alegrias.

    Ótimas festas!

    Carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  16. Amigo Toninho,

    O que seria de nós sem as flores?
    Não importa o tamanho. Todas são encantadoras!
    Mesmo as miúdas e solitárias, não é?
    O que seria de nós sem as flores?

    Linda semana!

    Bjksss floridas

    ResponderExcluir
  17. As flores sempre alegram nossa vida.
    Gostei de ouvir a Kátia Guerreiro.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  18. Toninho, gostei do seu "Pequena flor", poema que nasceu do seu talento e sensibilidade. Parabéns.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  19. Toninho, gostei do seu "Pequena flor", poema que nasceu do seu talento e sensibilidade. Parabéns.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  20. Gostei imensamente Toninho, Lindo demais.
    Um grande abraços!
    Tudo de bom!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  21. Boa noite
    Obrigada pelas visitas lá no blog.
    Adorei o video e a foto (maravilhas do Criador).
    Parabéns por esse dom de harmonizar tão bem as palavras.
    Abraço

    ResponderExcluir
  22. A noite
    a quietude da noite

    Transforma a flor
    numa flor maior
    e mais bela

    E assim, ela vence o mundo
    que odeia a beleza!

    Mª. Luísa

    p.s. relativamente à mudança na forma de escrever
    e é real essa mudança

    Eu escrevo um segundo poema de "Solidão"
    através da cadeira onde ninguém se senta...

    Gostava de o encontrar nesse 2º. poema, pois é dedicado ao seu belo comentário. Abraço,

    Mª. Luísa

    ResponderExcluir
  23. Uma flor que consegue renascer na tranquilidade da noite. Belíssimo poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  24. Boa noite Toninho, acabei de ler o seu comentário e há pouco tinha pensado vir visitá-lo!
    Andei adoentada (resfriado) e estou retornando com um pouco mais de regularidade.
    Maravilhoso este poema que fala das flores e o quanto elas são exemplo para nós e nos apaziguam a alma.
    Obrigada por ter trazido a Kátia Guerreiro da nova geração do fado!
    Beijinhos e uma noite de paz.
    Ailime

    ResponderExcluir
  25. Bom dia amigo Toninho, acabei de visitar Ailime na sua Lagoa Azul e vi você por lá; me perguntei o porque que vc não mais me visita. Minha roseira está em flor e as minis também renasceram encarnadas. Estou sem alegria, me arrastando. Gosto demais de ti, amigo! Um grande e forte abraço!

    ResponderExcluir
  26. Toninho bom dia! Eu imagino que essa pequena flor somos todos nós. Que não gosta de olhares ruins sobre a gente, que precisa ser cuidado pela natureza e pelas pessoas que verdadeiramente nos ama.. Regada e adubada todos os dias com amor, compreensão, delicadeza... assim para a amizade, o relacionamento a dois, as pessoas de forma geral!

    Por isso amigo, aproveitando esse lindo poema cheio de inspiração, deixo meu carinho regando essa flor chamada Toninho! opa.. rimei hihi

    Bom dia.. beijos

    Tê e Maria ♥

    ResponderExcluir
  27. Olá, Toninho!!

    Uma pequena flor, mas que grande missão a dela!
    Renascer a cada dia, embelezar e alegrar a vida e ainda ser inspiração para um querido poeta! Fizeste uma belíssima poesia! Toca no fundo do coração.
    Saudades, querido amigo!
    Que Deus te abençoe e proteja!
    Beijos e meu carinho!

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.