Páginas

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Eu sei.



Eu sei que não me canso de olhar,
estas ondas que vêm tão furiosas,
sobre as pedras negras deste mar,
mas logo já fogem tão preguiçosas.

As ondas vêm num branco lençol,
cobrem as pedras com o puro sal,
que batizo minha poesia sob o sol
em nome do encantamento local.

E sei deste meu encanto infinito,
ver o continuo movimento do ar.
Vem na brisa a poesia como rito
da dança da sereia vindo do mar.

Dói-me saber, que tudo vai sumir,
numa onda gigante de um verão,
sobre as pedras virá me persuadir,
e roubará a poesia de minha mão.

Toninho.
10/11/2016


convite de coisas que leio e recomendo:
confiram aqui: amor-e-sexo-no-envelhecer

*************************
*************
*******
***

27 comentários:

  1. Linda poesia, música e tenhas certeza que tuuuuuuuuudo pode mudar ,mas nada tirará de ti a poesia...abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá Toninho, bem bonito esse estilo de verso que rima as últimas sílabas. É cordel? Bela criação!

    ResponderExcluir
  3. Ah, poeta Toninho, como você escreve bonito, que dom que Deus te deu.
    Gostei muito da sua poesia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Sempre maravilhoso nas palavras caro amigo Toninho ,desejo-lhe toda a felicidade do mundo ,um grande abraço .

    ResponderExcluir
  5. O tempo passa, as estações mudam, mas inspiração e a poesia plena vive em vc. Boa noite poeta, tem novidades no Poesia

    ResponderExcluir
  6. Amigo Toninho!
    Lindo poema sobre o mar!
    Eu também adoro o mar, é das belezas da natureza que mais gosto de contemplar...!
    Abraço e beijo de Paz meu amigo. Seja feliz...

    ResponderExcluir
  7. Seus poemas sao tao carregados de sensibilidade... adoro...

    Beijos, Toninho...

    ResponderExcluir
  8. Olá,Toninho, Muito bom este poema,gostei mais desta estrofe: As ondas vêm num branco lençol,
    cobrem as pedras com o puro sal,
    que batizo minha poesia sob o sol
    em nome do encantamento local.
    Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
  9. Olá Toninho!

    Essa foto lembra bem uma que meu marido em Natal, mas com uma diferença, eu estava entre as pedras e o mar.
    Ficou linda tb!
    Sim, o mar rouba a poesia, a vida, os sonhos. Em compensação nos dá a paz, a esperança e sela amores. Que contraste, não é?
    Linda música! Salve o mar, salve Djvan, salve Iemnanjá!

    Lindo finde!

    Bjks

    ResponderExcluir
  10. Me encantei com os seeus versos,Toninho.
    Vídeo igualmente lindo.
    Um forte abraço de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  11. Nada conseguirá roubar a poesia do coração do poeta, pois ela faz parte dele.
    Simplesmente maravilhoso!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  12. Uma coisa é certa... nada roubará seu talento... de nos encantar com cada um dos seus poemas...
    Mais um belíssimo e arrebatador poema, Toninho!
    E adorei a escolha musical!
    Parabéns, por mais uma excelente postagem! Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  13. Acho que a poesia está em perseverar, mesmo sabendo...
    Lindo demais!
    Bom fds!

    ResponderExcluir
  14. ✿゚ه° ·.
    Poesia linda, melodiosa e que faz sonhar... com essa imagem linda do mar!...

    Bom fim de semana com tudo de bom!
    Beijinhos.
    ╰⊰✿⊰ه° ·.

    ResponderExcluir
  15. Boa Nopite, amigo Toninho!
    Niguém vai roubar sua poesia pois Deus fica feliz com elas... são lindas!
    Bjm muito fraternal

    ResponderExcluir
  16. Boa noite Toninho! Andei um tanto sumida, voltando e retribuindo os gentis comentários deixados em meu blog.

    Fique impactada com a beleza dos seus versos, o mar é um grande inspirador, e a inspiração aqui veio com tudo.. parabéns!
    Abraço com desejo de uma feliz semana.

    ResponderExcluir
  17. Uma excelente fotografia a ilustrar o belo poema...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Não roubará não, Toninho, você nasceu com esse dom de poeta. Nem uma onda de verão, gigante, lhe tirará o brilho.
    Belo poema, meu amigo!
    Um bom feriado e uma semana inspiradíssima!
    bjs

    ResponderExcluir
  19. Pode até roubar, mas que ela voltará quantas vezes for preciso, porque ela faz parte de vc, está entranhada em sua mente e em seu coração. De lá ninguém tira.
    Lindooooo!

    Ótima semana, beijos!

    ResponderExcluir
  20. Um poema tão lindo Toninho. O mar é maravilhoso, eu também não me canso de olhar.
    A imagem muito bela. A música tem tudo haver. Djavan sempre me traz paz quando ouço suas canções. Adoro "Outono".
    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  21. Lindo seu poema,querido amigo Toninho!Ninguém e nada nos tira esse dom que nos foi ofertado por Deus. Música maravilhosa!

    Cheguei aqui porque seu blog está na minha lista de blogs a visitar (onde constam os maiores comentadores do meu) e recebi sua atualização.
    Amei e está de parabéns!

    Uma noite e paz profunda e Beijos sabor carinho

    Donetzka

    ResponderExcluir
  22. Toninho
    você já sabe que se fala do mar eu gosto.
    a foto é linda e ficou impecável ao fazer suporte ao seu poema em quadras belíssimas e rimadas.
    e ninguém lhe roubará a poesia pois você nasceu Poeta.
    boa semana.
    beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  23. A poesia veio na onda e encheu minha alma de nostalgia!
    Gosto... Bj

    ResponderExcluir
  24. Boa noite Toninho,
    Magnífico poema!
    O mar sempre a inspirar os poetas!
    Gostei de recordar esta música de Djavan!
    Beijinhos e continuação de boa semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  25. Bom dia Toninho.
    O mar lhe roubar a dom da escrita das poesias? De fôrma alguma o mar lhe da é mas inspirações. Amei a poesia. Eu amo o mar. Amo ver as ondas se quebrarem nas pedras. Amo mergulhar e até tomar caldos rsrs. Se levada pelas ondas rsrs. Amo a natureza. O sol e até presenciar a noite chegando em frente ao mar. O mar é para mim um lindo espetáculo divino. Sou apaixonada por praias. Lógico fico torada e muito criticada. Nem me importo rsrs. Sempre quando é possível la estou aproveitando essa dádiva divina. Um lindo dia. Beijos.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.