Páginas

domingo, 19 de novembro de 2017

A calma.















Já os pássaros de regresso aos ninhos.
O sol com seus raios na colorida fusão,
afasta-se da cidade aos sons dos sinos.
Som da Ave Maria vem com emoção.

Ajoelha-se um simples e feliz cidadão,
silencia em reverencia ao espetáculo,
diante tanta beleza do Pai da criação,
no mágico instante vê-se no cenáculo.

De pé, abre os braços amplia a visão,
ao longe a cidade reflete-se nas cores,
agradecido entoa uma velha canção,
que aprendera para amenizar dores.

Calam os sinos silencio dos pássaros,
a buzina estridente estresse da noite.
com paciência segue leve seus passos,
ainda embevecido com todo o deleite.

Toninho.

19/11/2017

Inspiração para o projeto da  Professora Lourdes  de todos os domingos, com uma imagem para encantar e poetizar. Confira e participe.


************************
Feliz semana
na calma
para você

31 comentários:

  1. Ajoelha-se um simples e feliz cidadão,
    silencia em reverencia ao espetáculo...
    Amigo Toninho, n´s é que reverenciamos tanta beleza na sua poesia. Felizes daqueles que como os pássaros voam até aqui e se encantam com esta maravilhosa participação.
    Você é um grande poeta porque tem a alma poeta. eu rabisco minhas poesias porque amo poesias mas chegar a ser uma poetisa ainda tenho que aprender muito!
    minhas poesias geralmente surgem naturalmente. Sempre tive dificuldade em fazer uma poesia, tipo encomenda . " Faz uma poesia sobre..." Com o poetizando estou desenvolvendo esta habilidade poética.
    Parabéns amigo, muito obrigada! Tenha um início de semana feliz.

    ResponderExcluir
  2. Amigo Toninho, é um deleite sua poesia! Você descreve toda imagem poeticamente belo. Encantada com sua participação. alás, você sempre encanta com suas poesias. Parabéns! Tenha uma bela noite.

    ResponderExcluir
  3. O mundo e cada um de nós anda precisando de mais paciência pra tudo encarar...De braços abertos aqui apenas junto as mãos pra te aplaudir!" abração,chica

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, querido amigo Toninho!
    Cheguei agora da missa e vejo uma oração em forma de poesia... muito linda!
    "A vida não para, a vida é tão rara"... Precisamos de muita calma...
    Ouvi uma homilia lindíssima há pouco e que me deu um grande incentivo em prosseguir com meu projeto de vida atual...
    Falou-se da passividade omissa muito diferente da calma como serenidade (descrita em seu poema) muito necessária para todas resoluções e discernimento...
    O cristão precisa ir à luta, disse o sacerdote... agir... não esperar ser amado, disse ele e, sim, amar. Bem sabemos que o Amor aqui é Amor Grande e Universal...
    A hora sagrada do Ângelus e da Ave Maria é grandiosa e nos leva aos valores verdadeiros de vida plena...
    O homem da imagem está em êxtase pelo louvor ao Criador e a oração é isso mesmo...
    A gente se encanta com a vida... radiosamente...
    O final do seu poema é como termino meus dias um após o outro:
    "... com paciência segue leve seus passos,
    ainda embevecido com todo o deleite."
    Majestosamente bem viver, um passo de cada vez... a cada dia basta o seu próprio bem...
    Um enlevo passar por aqui e continuar a prolongar o que vivencio no espírito trazido da oração em comunidade que acabo de participar com imensa gratidão ao nosso Bom Deus...
    Muito lindo o cuidado de Deus para conosco...
    Deve ter sido isto que o homem da imagem sentiu... você leu, com perfeição, seu pensamento...
    Que o Espírito Santo lhe dê santas inspirações como a de hoje! Parabéns, amigo!
    Seja muito feliz e abençoado!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Toninho.
    Um vídeo lindíssimo. Viver é mais do que existir. Falta as pessoas mas calma, mas serenidade e amar uns aos outros. Lindo poema meu amigo. Uma feliz semana. Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Amigo Toninha, que bela e inspirada poesia.

    De pé, abre os braços amplia a visão,
    ao longe a cidade reflete-se nas cores,
    agradecido entoa uma velha canção,
    que aprendera para amenizar dores. A forma como interpretas a imagem poeticamente é bela! Parabéns grande poeta! Você só engrandece essa blogagem coletiva e nos impulsiona a seguir. Abraços

    ResponderExcluir
  7. Toninho, você sabe esses vídeos que recebemos por vezes dos amigos? Pois é, recebi um sobre nosso planeta pedindo misericórdia! Tão triste isso! Os animais no seu habitat, os pássaros voando, cascatas lindas... fiquei com um nó na garganta. E esse seu belo poema entra dentro desse contexto visual em que falo. Triste, mas belo poema!
    Beijo, querido amigo. Parabéns!!

    ResponderExcluir
  8. Mais uma vez, me deliciando com a sua profunda inspiração, Toninho! Que não poderia combinar melhor com o vídeo escolhido, num todo perfeito!
    Adorei o post!
    Um grande abraço! Feliz semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  9. Bom dia. Uma inspiração divina. Parabéns

    Bjos
    Boa Segunda-Feira
    .
    Hoje:"Nunca será cansaço quando a espera é desejo"

    ResponderExcluir
  10. A calma de uma prece na crônica poética de um entardecer. Cidade, pássaros, sol... Pintura de Deus no firmamento, inspirada composição nos poetizando e encantando.

    Um abraço e uma calma semana.

    ResponderExcluir
  11. Uma canção que agradece e acalanta. Lindo é ser grato e poder receber a luz, a serenidade. Lindo poema

    ResponderExcluir
  12. Uma oração poética que invade a alma de quem ler, conduz-nos a íntima relação com Deus e reveste nossa espiritualidade de fé, força e confiança nesse Deus Criador, Pai e consolador. Em colocamos nossa confiança e agimos como o homem bem descrito nessa louvação poética.
    Beijos e um dia de paz!

    ResponderExcluir
  13. Um vídeo maravilhoso. Um poema para rezar. Que bela inspiração a sua, meu Amigo.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. Uma participação muitíssimo bonita!
    A imagem é linda e vc se inspirou bem... A última palavra do poema define perfeitamente o deslumbre ocorrido: "Deleite"!
    Abç

    ResponderExcluir
  15. Belíssima participação caro amigo Toninho ,pois cá estou de volta depois de uns dias atarefados com o nascimento da minha sobrinha e afilhada Matilde ,muitos beijinhos no coração felicidades

    ResponderExcluir
  16. Encanta-me esse seu encanto de cantar a Natureza, Toninho. Que de mais belo e maia harmonioso? Onde mais paz senão na serenidade dos verdes? Onde a música mais bela, senão no trinado dos pássaros?
    Por isso, saio daqui...CALMA!
    Muito belo, querido amigo!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  17. A realidade do seu poema chega a nos constranger, pela falta de sensibilidade, para termos a necessária sabedoria de saber respeitar o nosso espaço, e o do outro. Nosso egoísmo mata toda e qualquer paciência e resiliência no viver.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  18. Caro amigo
    Sempre nos encantando com sua poesia, com seu talento e inspiração.
    Sempre muito bom vir aqui.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  19. Belíssimos e inspiradores, os seus versos, Toninho!!!
    E que beleza de música, perfeita escolha...
    Beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  20. A natureza tem o dom de emocionar as almas mais atentas, mas algumas horas do dia a magia é mais visível. É quase como um milagre que se desenrola perante os nossos olhos.
    Lindo momento
    Abraço, uma linda semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  21. Oi, Toninho!!
    Um salve para a poesia!! Ela consegue trazer encanto para os dias massificados e rotineiros. Nos estimula a imaginação, ao resgate de emoções e suspirar! Uma pausa que refrigera a nossa alma!!
    Bela iniciativa da Professora Lourdes!
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  22. Toninho!
    Seu poema demonstra a realidade mostrada na ilustração, cheia de inspiração e muita verdade!
    Parabéns!
    “ Lança o saber e não terás tristeza.” (Lao-Tsé)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/2017/11/divulgacao-cultural-72-10-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
  23. Olá, Toninho com "T" de ternura!

    Tudo bem com você e família! aqui, tudo satisfatório.

    A iniciativa da nossa amiga Lourdes tem dado belos "frutos" e tem até unido mais os blogueiros, acho eu. Como é bonita e profícua a união!

    Estive escutando o vídeo, cuja voz do cantor gostei, e também estive lendo as palavras escritas. De facto, é preciso ter paciência e calma, porque o tempo não para. Umas vezes, isso é bom, outras, nada mesmo, mas cronos é "senhor" de tudo e de todos.

    Gostei muito do seu poema, baseado na imagem, que a Lourdes escolheu. Você conseguiu nos dar uma imagem do pôr do sol, com tudo aquilo que o caracteriza. Aves, passarinhos regressando aos seus ninhos, os sinos tocando, os ruídos findando e as pessoas agradecendo o dia e regresso a casa. Gostei muito.

    Novo post, lá. Obrigada!

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  24. Um entardecer que invade alma.
    Maravilhosa participação.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  25. Que linda sua poesia,Toninho.

    Um entardecer que o inspirou magistramente.

    Seu poetar é maravilhoso,sobre qualquer assunto.

    Parabéns pela participação.

    Recebi sua atualização e vim rapidinho ver. E encontro essa pérola.

    Feliz noite de quarta_feira

    Obrigada pela visita e volte sempre.

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderExcluir
  26. Sublime o seu sentir poético, inscrito
    na sua arte do soneto, grande Poeta.
    Verifiquei agora, o título na ressonância
    simbólica do A Calma que acalma...
    Este silenciar por dentro no canal em
    que a calma se instala, depois se expressa
    na qualidade da paciência...
    Adoro as suas escolhas musicais, Toninho.
    Meus votos de dias felizes!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  27. Bonito poema e inspiração nesta participação.
    A blogosfera hoje se reveste de blogagens que vão estimulando a criatividade, mas restringindo as visitas espontâneas. Bja

    ResponderExcluir
  28. Bom dia!
    Hoje passando mais sedo com o convite do Poetizando e Encantando.
    Este fim de semana postarei do celular pois estarei viajando e não sei se vai ser possível visitar a todos os participantes e colocar os lingues na postagem. Caso isso não seja possível, domingo à noite e na segunda feira atualizarei com carinho todas participantes. Provavelmente, postarei no sábado, como o anterior. Espero mais uma vez sua maravilhosa participação, da qual agradeço muito!
    Uma dica para a imagem da temática dessa semana, que está muito atrativa!
    “ De onde parece impossível, nasce algo lindo! “

    Abraços, fiquem na paz de Deus!

    ResponderExcluir
  29. Pois é, meu amigo Toninho, sempre que venho a este espaço da Poesia (o que faço com frequência), encontro poemas da melhor qualidade, tanto na forma como no seu conteúdo, como este, que transcrevo alguns versos, os primeiros do poema:

    Já os pássaros de regresso aos ninhos.
    O sol com seus raios na colorida fusão,
    afasta-se da cidade aos sons dos sinos.
    Som da Ave Maria vem com emoção.


    Um grande abraço poeta amigo.
    Pedro

    ResponderExcluir
  30. Oi Toninho! Andei meio sumido, mas me vejo a deliciar nesse meu voltar, de seus belos textos.Sempre grande em sensibilidade.... grande abraço mineiro!

    ResponderExcluir
  31. Som da Ave Maria - é emoção! Hora da Ave Maria também é que quando criança dizia ser aproximadamente às dezoito, quando o sol começa a querer entrar, que tudo fica calmo. Até hoje tenho isso comigo. Parabéns, amigo pelo lindo poema e a belíssima postagem. Grande abraço. Laerte.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.