Páginas

sábado, 25 de novembro de 2017

Lucas o vigilante.


Botando cabeça para funcionar um projeto da Chica e seu neto Neno, para uma imagem escolhida e inspiração livre. Acontece todos os dias 5,15 e 25, conheça e participe aqui: chicabrincadepoesia. A imagem de hoje:


Conhecido como Lucas o vigilante aprendeu com os pais desde criança, que na vida é preciso ter coragem e garra para sobreviver. Cresceu junto aos pais naquele mangue, pisando na lama negra donde tiravam os mariscos e pescava no pequeno riacho o sustento da família e o excedente comercializava na pequena ilha.

Lucas aprendera a amar, defender e preservar aquele mangue, que lhes dava o suficiente para sobreviver. Assim que com seu pobre barco feito por eles patrulhava a região sem nenhum apoio de órgãos fiscais, que raramente passavam por lá para fiscalização somente no período do Defeso confiscando as redes e dispositivos de pesca dos infratores. E sempre elogiavam Lucas ao vê-lo naquele ambiente hostil na vigilância.

Lucas conhecia todos os caminhos do mangue, sempre admirava a semelhança com uma janela, as saídas para o mar, que ele dizia ser como uma porta para o Céu, onde sempre se benzia após navegar sob aquelas arvores negras retorcidas na águas escuras. Sempre se encantava com a beleza daquela imagem a sua frente.

Numa tarde ao sair de uma das portas do Céu, avistou  uma lancha bonita com pessoas bem vestidas, receoso e incomodado percebeu, que a lancha se dirigiu ao seu encontro e encostou junto ao seu pequeno barco. Era o diretor da fiscalização, que veio pessoalmente lhe comunicar que seria nomeado e remunerado como fiscal oficial do mangue, com oferta de um barco equipado. Deixou cair uma lagrima aos ser abraçado pelo diretor e fiscais.

Voltou feliz puxando seu novo barco ao passar por uma das portas do Céu, abriu os braços soltou um grito agradecendo ao Senhor, foi tão alto, que na ilha os pais ouviram assustados e viram quando ele se aproximava com um sorriso radiante, e amarrava dois barcos, sendo que um bem bonito parecido com o dos fiscais. Sem nada entender, correram para encontra-lo. Informados sobre a visita surpresa do diretor do Conselho de Proteção Ambiental, sorriram e ali ajoelhados e abraçados agradeceram aos Céus.

Toninho
25/11/2017

*****************************
*****************
*****

13 comentários:

  1. Boa noite, que bonita participação.Parabéns

    Hoje, um pequeno texto:[ Enquanto deslumbrava o meu imaginário, naquele banco, agora vazio.]

    Bjos
    Uma noite feliz

    ResponderExcluir
  2. Que Lindo,TONINHO! Que bom quando um trabalho feito com tanta dedicação e amor é reconhecido assim.

    Lindo conto! Tua inspiração é enorme e linda! Obrigadao! Abraços. Tudo de bom.chica

    ResponderExcluir
  3. Olá, querido amigo Toninho!
    No ES onde passo tempos com a família, tem manguezal e reconheci essa problemática em seu texto.... entretanto, eles são agradecidos ao Bom Deus por tanta Providência em suas vidas e louvam assim mesmo como você nos mostra...
    A vida é cheia de sobressaltos para todos mas 'os que confiam no Senhor são como monte de Sião, nada os abala para sempre'...
    Lindo conto e bem real para uma classe sofrida que luta por amor ao que faz...
    Seja muito feliz e abençoado!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Toninho
    Que lindo conto com um final muito feliz para Lucas.
    Aplaudindo aqui.
    Um grande e carinhoso abraço de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  5. Que bonito texto, Toninho! Realidade misturada com conto/ficção e uma mensagem de fé e gratidão!... Partipou muitíssimo bem!!
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Belo conto, Toninho, partindo de uma foto ter essa inspiração não é fácil. Conto com conteúdo, mostra garra e determinação de um menino.
    Um beijo, aplausos!!! Ótima participação.

    ResponderExcluir
  7. Um belíssimo conto sinal de que há muita criatividade e sensibilidade nas suas escolhas e o olhar é sereno!!!bj

    ResponderExcluir
  8. Uma participação muito especial com um conto criativo e lindamente escrito.Estamos sempre a vivenciar histórias de dedicação e superação.
    Parabéns, gostei muito.
    Um abraço ,Toninho amigo querido.

    ResponderExcluir
  9. Amigo, amo histórias com finais felizes!Essa sua ficou adorável e pensar que ainda tem gente por aí que fazem tudo anonimamente. Você foi generoso com Lucas, que bom!Abração!

    ResponderExcluir
  10. Lindo texto expressando gratidão e dando-nos a lição do retorno, pois quando fazemos o bem, andamos em linha reta, nos caminhos de Deus e cuidamos da mãe natureza sem almejar nada em troca, Deus nos dá a recompensa. Parabéns para sua inspiração que nos brindou com essa linda história de Lucas, um exemplo a ser seguido.
    Beijos e uma semana bastante feliz!

    ResponderExcluir
  11. Boa noite Toninho,
    Mais uma participação fabulosa.
    Gosto muito da sua prosa.
    Parabéns pela inspiração!
    Beijinhos e continuação de boa semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  12. Toninho,

    Maravilhoso este seu registro de conto, com
    a narrativa na voz de um Poeta, que nos
    comove com uma historia inspirada e
    construída com este seu enorme talento.
    Parabéns, Poeta amigo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Adorei,Toninho.

    Fez um conto maravilhoso com seu toque poético.

    Amei porque acho difícil escrever contos.

    Obrigada pela visita

    Um fim de semana de paz

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.