Páginas

terça-feira, 15 de março de 2016

Criança solidária,




Um temporal caiu sobre a cidade. Com ele o velho problema dos alagamentos que deixa a cidade caótica no transito acrescido das várias arvores tombadas sobre a rede elétrica.

Do outro lado da cidade a dor era maior com perdas de casas e vidas, embora já tivessem sido advertidos do perigo, mas preferiram apostar na sorte rezando, fazendo promessas aos santos. A chuva nada perdoou, levou tudo com sua fúria indomável.

Nos noticiários cenas emotivas dos sofrimentos dos desabrigados. Os bombeiros ativos na árdua tarefa de resgate de pessoas e animais de estimação ilhados.  Uma cena comoveu a todos na cidade a retirada de uma criança morta em meio à lama. E foi assim que Raudiney assistia a tudo pela televisão no conforto de seu quarto. Viu as pessoas abrigadas nas escolas e tendas feitas pelo exercito. O resgate da criança fez o menino chorar copiosamente, ao tempo que a mãe entrava no quarto e pensou em desligar a televisão.

Na manhã seguinte sem chuva, os noticiários faziam uma geral da cidade com as pessoas desabrigadas e convocando a população para doações de agua mineral, agasalhos, remédios e alimentos. Raudiney chamou a mãe dizendo que queria participar da campanha. A mãe aceitou e se dirigiram para o mercado. Ele mesmo escolhia o que doar baseado no noticiário. Quando terminava se dirigiu para um balcão e apanhou um arranjo de flores e colocou sobre as compras.

Saíram em direção a uma das tendas controlada por uma freira. Foram recebidos com um sorriso por uma assistente social, que agradecia a solidariedade do menino inclusive fez questão de fazer fotos dele no ato das doações. Mas ficou curiosa com o arranjo de flores assim como a mãe.
Após tudo distribuído com as flores na mão, olhou para a mãe e para a assistente social e pediu que ela enviasse as flores para a mãe do menino retirado sem vida da lama para colocar sobre seu caixão. A mãe estava a poucos metros deles e assim os quatros se abraçaram em meio às lagrimas.
Quando um raio de Sol atravessou a lona da tenda os iluminando.

Toninho.

15/03/2016

Com este conto participo da BC_botando a cabeça para funcionar, onde uma imagem é apresentada para inspiração livre. Conheça e participe aqui: chicabrincadepoesia

23 comentários:

  1. Caro amigo
    Que beleza de texto,você participou da BC muito bem.
    Parabéns, Toninho, por nos encantar mais uma vez.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Toninho,
    Lindo e comovente o seu conto.
    Você é brilhante em suas prosas.
    Claro que só posso deixar-lhe o meu aplauso pela excelente participação.
    Desejo-lhe uma boa noite.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
  3. Oi Toninho
    Um conto inspirado na realidade das chuvas de verão e do estrago que vem fazendo em muitas das nossas cidades. O desmatamento e o descaso das autoridades tem ocasionado tristeza em muitas famílias.Lamentavelmente.
    Com a alma de escritor/poeta sempre participa de desafios e se sai muito bem!
    um abraço grande

    * estive deixando mensagens no instagram e no face _ depois voce acha por lá .

    ResponderExcluir
  4. No meio das desgraças existem almas corajosas que são um bom exemplo para todos.
    Gostei de ler.
    Gostaria que existissem muitas crianças com esta alma grande.

    ResponderExcluir
  5. Querido amigo
    Que lindo e comovente esse conto. A sua espetacular sensibilidade ao construir uma cena de dor e um coração amoroso que se emocionou e se envolveu levando esperança com seu gesto de amor
    Parabéns amigo. Um conto visceral
    Tenha um dia abençoado
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. UAU, cheguei aqui cedinho e me emocionei,Toninho! Que linda, triste, profunda inspiração! Perfeito o conto e participação! Obrigadão,levei o link! chica

    ResponderExcluir
  7. Uma participação extraordinária, Toninho! Um conto que conta que o AMOR age e alegra corações...
    O meu abraço nesta 4ª feira...

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Toninho!
    Pelo tocante texto que abordou a solidariedade, o amor em ação.
    Felizmente observamos isso na vida real, mas os noticiários adoram mostrar o lado inverso, não é?
    Vamos orar para que as calamidades diminuam durante essa temporada de chuva!
    Ao mesmo tempo, vamos desejar paz e luz aos que foram levados pelas águas de março.

    Bjks

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, Toninho.Um conto trágico e preciso que, contudo, levou emoção ao leitor.
    Momentos de dor costumam unir bons corações.
    Esta criança certamente exerceu a solidariedade.
    O mundo precisa de mais pessoas como ele.
    Parabéns.
    Beijos na alma
    Tenha uma semana de paz.

    ResponderExcluir
  10. Bem essa a situação de todos ou quase todos. Aqui no interior do E.SP, foi bem assim Todo ano a tragédia se repete e a população incansável colabora e no seu conto há a doação do generoso coração de uma criança!Muito bacana, Toninho! Lindo e real conto! Abração!

    ResponderExcluir
  11. Boa noite Toninho.
    Que emocionante, ainda existe solidariedade, que bom. Uma tocante postagem. Felizes dias meu amigo. Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite, amigo Toninho!
    De extrema sensibilidade e que emociona ao ler... Ouvir o canto gregoriano me deixou tão serena... precisava neste momento do dia... obrigada pela partilha valorosa...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  13. Boa noite, amigo Toninho!
    De extrema sensibilidade e que emociona ao ler... Ouvir o canto gregoriano me deixou tão serena... precisava neste momento do dia... obrigada pela partilha valorosa...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  14. Parabéns caro amigo ,uma das melhores participações que li ,tenho pena não poder participar ,pois o trabalho não me permite ,um grande abraço ,felicidades.

    ResponderExcluir
  15. Toninho, essa é mais uma trite história de nossa gente, que tem todas as carências e, além disso, tem a chuva que pega pessoas dormindo depois de um dia de trabalho suado. E ninguém tomar medidas de prevenção. Uma lástima!
    Um abraço, amigo.

    ResponderExcluir
  16. Parabéns Toninho!
    pela inspiração que gerou esse belo texto, que veio brilhando como um raio de sol e trazendo uma bela atitude de um jovem. Flores para iluminar um gesto amoroso!
    abraços

    ResponderExcluir
  17. UN TEXTO QUE MAS QUE SER UNA PARTICIPACIÓN, ES UN REGALO A LA SENSIBILIDAD.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  18. Toninho , que criatividade, que conto maravilhoso.. Li e depois li tudo para Maria que falou: "Que lindo, é triste"
    Atras da tristeza tem a beleza da solidariedade não é mesmo Toninho?

    Muito lindo, parabéns!

    Beijos meu e da Maria ♥

    ResponderExcluir
  19. Construção de um belo conto, onde a solidariedade e amor ao próximo coroam o seu desfecho. Parabéns entre a realidade e os nossos desejos e esperanças surgem a sua linda inspiração. Bjs

    ResponderExcluir
  20. Toninho , que criatividade, que conto maravilhoso.. Li e depois li tudo para Maria que falou: "Que lindo, é triste"
    Atras da tristeza tem a beleza da solidariedade não é mesmo Toninho?

    Muito lindo, parabéns!

    Beijos meu e da Maria ♥

    ResponderExcluir
  21. Oi Toninho, adorei sua participação.
    A criança já se comove com as desgraças naturais e quer ajudar, no final me emocionei.
    Acabei de fazer uma postagem muito forte que no final é de se emocionar.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  22. Belissimo conto que muito me emocionou, Toninho.
    Que exemplo, hein?

    Fiquei imensamente feliz com a sua alegre participação lá na brincadeira.
    Muito obrigada!
    Um forte abraço de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  23. Amei sua história uma história que fala da da solidariedade e amor pelo próximo que não sei se é verdadeiro ou ficção, mas com os principios que a doutrina de Deus nos dá, beijinhos e um terno abraço

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.