Páginas

sábado, 18 de agosto de 2018

Estrada dos meus sonhos


Poetizar e encantar é o projeto da Lourdes de todo fim de semana, que eu lhe convido a conhecer e participar aqui: filosofandonavidaproflourdes. Nesta semana a imagem abaixo foi escolhida como inspiração e para refazer passos desta vida.

Longa é a estrada à minha frente,
os meus olhos não pousam o finito,
vento que me acaricia docemente,
as paralelas me levam ao infinito.

Sonho com uma curva na estrada,
no sopé daquela serra tão distante,
o casebre ponto da minha largada,
que viu partir o menino confiante.

Agora o olhar inverso na estrada,
outrora testemunha de esperanças
que me inspiraram nesta jornada,
revejo tudo agora nas lembranças.
A estrada confidente segue calada,
no retrovisor o olhar se distancia,
da amiga arvore toda desfolhada,
a musa da minha primeira poesia.

Toninho.
17/08/2018
Tem mais poesia lá: toninhobira.blog 


Desejo um feliz 
fim de semana.






33 comentários:

  1. Um bom final de semana pra vc
    E elogios pelas belas postagens!

    É que tem dias que a gente só deseja encontrar alguém disposto a ouvir as batidas do nosso coração.

    (Scheilla Lobato).

    ResponderExcluir
  2. A estrada percorrida que vou o menino por ela passar, hoje fica nas lembranças...

    Linda poesia! Abração, chica

    ResponderExcluir
  3. Um poema que merece aplausos... Saudades saudáveis e de crescimento...
    Bombom sábado, Toninho, e o nosso abraço de admiração...

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde!
    Hoje estou passando para apreciar sua maravilhosa participação com um comentário colado. Peço desculpas, o motivo, tive um pequeno acidente caseiro e está me incomodando digitar. Nada grave, um pequeno corte que logo estarei bem. Para visitar e não deixar comentário, essa foi uma forma de lhe parabenizar por mais essa linda participação. Como sempre, nos encanta com seu poetar. Abraços, com desejos de muita felicidade.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde amigo Toninho! Linda e harmoniosa poesia!
    A estrada da vida é longa, mesmo que para alguns tenha menos duração de tempo, mas não deixa de ser longa e os nossos olhos não veem o infinito. Só Deus!
    E que bom, que lá adiante, vão sempre se abrindo novos horizontes, mesmo que veredas apareça, Com fé e perseverança vencemos todas.

    Mais um encanto de poesia! mais uma bela inspiração. Participas com maestria amigo e merece nossos aplausos. Parabéns!Seja sempre bem vindo e que O Bom Jesus continue lhe abençoando e que você seja muito feliz. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Olá Amigo!
    Depois de alguns meses ausente, retornando aos projetos vivenciados na biblioteca, um deles, alunos leitores e escritores, estamos de volta ao poetizando e hoje com a participação da aluna Mariana, Seja bem vindo!

    Parabéns pela linda participação. Amigo, o menino já percorreu longas estradas mas com certeza ainda falta muito a percorrer. Parabéns, linda poesia.

    Abraços, feliz fim de semana.

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde Toninho!
    Que poesia linda de viver!
    A lua é e sempre será a musa de todos os poetas.
    Amei ler.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  8. Amigo,disse isso,por ter feito sobre a Lua,mas a estrada da vida é sempre muito longa,e muitas vezes sonhamos acordados com belas lembranças.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  9. Boa noite, querido amigo Toninho!
    A música é profunda, chama a atenção pelo dedilhado silencioso no início. Intenso momento na música e na vida real, amigo.
    Hoje ela está em uníssono com meu estado de alma... Saudade do pai amado...
    "Rir pra não chorar"... lema de vida dele...
    Permita-me chorar um pouco aqui...
    Seu poema me servirá de colo e ombro amigo...
    A estrada que percorro é longa e guarda meus segredos... ela é à beira mar.
    Para ela, estou a retornar.
    Deixe-me ir...
    Uma poesia que me acentuou o nostálgico da noite que estou vivendo por ter tido um dia silencioso pelo meu amado pai.
    Amigos atenuaram a dor da saudade que é forte hoje...
    Tenha dias felizes e abençoados junto aos seus amados!
    Bjm fraterno e carinhoso de paz e bem

    ResponderExcluir
  10. Que linda poesia, memorável caminhos!! Majetosa participação!
    Destaco esta beleza deestrofe...

    "A estrada confidente segue calada,
    no retrovisor o olhar se distancia,
    da amiga arvore toda desfolhada,
    a musa da minha primeira poesia."
    Feliz final semana!

    Bjs no coração!
    PS: Tem festa no blogando coletivamente.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia:- Poema divino. Um gosto enorme em o ler.
    .
    * https://brincandocomaspalavrass.blogspot.com/ *

    ( Poetizando e Encantando )
    .
    Tenha um feliz domingo

    ResponderExcluir
  12. Longa estrada do infinito, vida que infinda nos horizontes vencidos, renovados viveres, pensares, sentires... Poetizou e encantou, versando a poética estrada do viver.

    Um abraço e uma boa semana.
    Estrada vida, poetizando e encantando.

    ResponderExcluir
  13. A estarda loga, calada, cheia de obstáculos ou de nada, mas que se seguirmos em frente poderemos chegar ao cume da felicidade. Lindo Toninho. Bom domingo de paz. Lá no blog encantamentos por meio da literatura

    ResponderExcluir
  14. Que lindo poema, Toninho!
    Gratas lembranças do menino que cresceu, guardadas no coração com saudade!
    Magnífica leitura da imagem.
    Um beijinho e uma semana muito abençoada e inspiradora.
    Ailime

    ResponderExcluir
  15. O percorrer desta estrada que leva aos primórdios é reconfortante e inspira sempre seus lindos poemas. Bom domingo, bjs

    ResponderExcluir
  16. Que enternecedor sua árvore amiga como musa inspiradora de sua primeira poesia! Tenha certeza que apesar de desfolhada ela ficou as raízes em sua alma para dela sair as mais lindas poesias! Beijos amigo!

    ResponderExcluir
  17. Bom dia caro poeta de Minas! Toninho viajei nesses versos de saudades, também tenho uma arvore na memória, e acredito ser essa, a lembrança que me despertou o primeiro poema, mesmo que por tempos ficasse latente. Bom demais de rever essa saudade! Grande abraço e feliz semana.

    ResponderExcluir
  18. Ter uma árvore na memória do coração… A estrada, em linha recta, deu-lhe a inspiração para este poema, tão ao seu jeito…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  19. Belíssimos versos, amigo! Gostei do Cartola também - é rir pra não chorar! Grande abraço. Laerte.

    ResponderExcluir
  20. Primeiro quero te agradecer imensamente seus comentários. Eles são de uma importância muito grande, por meio deles você mostra seu conhecimento em vários assuntos e isso é de suma importância no mundo atual. Estive na África, moçambique e vi e vivi de perto o que é viver em um país onde o governo pouco ou nada se importa com a população. E vindo aqui o alento em ler seus poemas. Obrigado!

    ResponderExcluir
  21. Olá, Toninho!

    Já tinha ouvido falar de Cartola, mas nunca tinha escutado música dele. Gostei, sim.

    A nossa estrada parece k nunca tem fim, pke sonhar e recordar faz parte de nós. Mta inspiração.

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  22. Toninho, tudo muito bem dito muito bem escrito !
    a estrada inspiradora como a linha da vida, onde as curvas também lhe dão charme
    entretanto ela testemunha as nossas esperanças e o que deixamos para trás!
    também me inspirou essa estrada na verdura :

    https://poesiesenportugais.blogspot.com/

    abraço
    Angela

    ResponderExcluir
  23. https://poemasdaminhalma.blogspot.com/
    Olá, Toninho!
    Excelente e maravilhosa poesia, tal como sempre... muito bem estruturada, versada enquadrada e de excelente inspiração. Amigo Toninho, gostei imensamente dessa bela estrada e do olhar do finito. Aplaudo com ternura, paz e bem.
    Luisa

    ResponderExcluir
  24. Toninho, meu amigo

    Que soneto belíssimo!!

    Você é um poeta de uma inspiração
    admirável, as palavras fazem parte
    do caminho da sua alma, nesta facilidade
    de sempre nos surpreender com a sua bela
    arte poética...

    A música escolhida é também surpreendente,
    este mestre poeta Cartola, adoro esta
    sensibilidade única dele!

    Estava saudosa de voar aqui, ainda estou
    ausente nas postagens do meu blog e
    nas visitas dos blogs amigos.

    Dias felizes!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  25. Hola
    Gracias por visitar mi blog y dejar tu comentario

    Besos
    POEMIAS
    anna-historias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. Poema lindo e cheio de sentimento...a saudade é uma companhia perene nas nossas estradas da vida.
    Um abraço
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  27. Quantas lembranças e saudades foram tatuadas no coração desse menino que percorre a mesma estrada com os sentires de sempre. Linda, saudosa e melancólica
    Uma inspiração soberba meu querido amigo
    Beijos no coração, vizinho, e dias bem felizes

    ResponderExcluir
  28. Gostei muito da sua participação, já que o poema é excelente. Parabéns pelo talento poético que as suas palavras revelam.
    Caro Toninho, um bom resto de semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  29. Olá amigo!
    Chegando com o CONVITE do POETIZANDO E ENCANTNDO.

    Hoje à noite, estarei postando a 50ª edição do Poetizando e Encantando. Está quase pronta a publicação, mas posso dizer-lhe que as imagens estão convidativas para mais inspirações grandiosas como vem acontecendo a cada edição.
    Será um prazer ter você participando, comentando ou participando em seu blog, pois o sucesso desta BC é graças a você e a todos que amam a poesia.

    Deixo essa poesia de (Florbela Espanca
    Para lhe falar da grandiosidade do ser poeta que és.

    Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
    Do que os homens! Morder como quem beija!
    É ser mendigo e dar como quem seja
    Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

    É ter de mil desejos o esplendor
    E não saber sequer que se deseja!
    É ter cá dentro um astro que flameja,
    É ter garras e asas de condor!

    É ter fome, é ter sede de Infinito!
    Por elmo, as manhãs de oiro e cetim…
    É condensar o mundo num só grito!

    E é amar-te, assim, perdidamente…
    É seres alma e sangue e vida em mim
    E dizê-lo cantando a toda a gente!

    Abraços da amiga Lourdes Duarte.


    ResponderExcluir
  30. Olá, Toninho. Que Deus lhe dê força par continua encantando com sua Longa é a estrada à minha frente, Obrigado pela visita e pelo comentário. Um abraço, paz e bem.

    ResponderExcluir
  31. Estimado Toninho.
    Um poema com a expressividade sensível, romântica e nostálgica a que nos habituou e, como ficou provado, agrada a todos.
    É tocante saber que conseguiu vencer...
    Foi ótima inspiração e uma participação marcante no nos trabalhos apresentados pela turminha da Profª Lourdes. Como é agradável comparar as inspirações!
    Eu escolhi um tema completamente diferente, no entanto, também há uma árvore... ou duas...
    Que a composição e a sua poesia continue a acompanhar os seus e os nossos dias.
    Paz, serenidade e boa disposição.
    Abraço, Amigo.
    ~~~~


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cartola, depois de tantas vicissitudes, também acabou por vencer e bem mereceu...

      Excluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.