Páginas

domingo, 19 de maio de 2019

Sórdido desprezo.




















Poetizando e encantando a BC bem sucedida da professora Lourdes em sua 82ª edição, nos convida com belas imagens para inspiração livre e sem concorrência e assim espalhar poesias pela blogosfera. Confira: filosofandonavidaproflourdes  e prestigie os participantes com sua leitura. Minha escolha de imagem e poema para a apreciação de vocês.




















Olha ao longe espera por alguém.
a manhã ensolarada da solitária.
Uma borboleta voa num vaivém,
ora pousa é companhia solidária.

Calada se alimenta pela ausência
vitima-se no abandono, é sentida
tua dor, o banco sabe a carência,
nas confidencias desta esquecida.

As horas fluidas bem lentamente,
sofrência pela presente languidez,
a rosa branca murcha friamente,
sentida pelo desprezo da sordidez.

Ah, não fosse toda sofrida espera,
finda o dia no canto do Rouxinol.
Poder-se-ia reviver doce quimera,
regozijar-se-ia no belo pôr do Sol.


Toninho
18/05/2019


Um bom domingo 
de feliz semana
Grato pela visita.

26 comentários:

  1. "Uma borboleta voa num vaivém,
    ora pousa é companhia solidária."
    Olá, Toninho!
    Felicito-o pelos belos versos sofridos, pela escolha da imagem e do vídeo de Dulce Pontes - uma voz poderosa cantando um poema maravilhoso.
    "Se eu soubesse que morrendo. Tu me havias. Tu me havias de chorar. Por uma lágrima. Por uma lágrima tua. Que alegria. Me deixaria matar ..."
    Beijo muito amigo, bom domingo.

    ResponderExcluir
  2. Maravilhosa leitura e inspiração dessa imagem,que também foi a minha escolhida! Como sempre, lindo!!! abração, ótimo domingo e início de nova semana,chica

    ResponderExcluir
  3. Bom dia de paz, querido amigo Toninho!
    Um poema bem dito com a imagem. Digo que sem brilho, sem esperanca. Poeta ve varios sentimentos e ha quem sinta desprezo assim muito bem expresso em seus versos, amigo.
    Ate a rosa se faz murcha. Tudo muito bem de acordo.
    Sua capacidade e fenomenal.
    Bonito saber ir alem do que se sente pois o considero otimista, mas conseguiu poetar outro sentimento. Eu nao consigo falar do que nao sinto.
    Parabens!
    Video muito bom que adoro ouvir.
    Tenha Domingo abencoado junto aos seus!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  4. Olá Toninho,
    também "me enamorei" pela borboleta que contempla a rosa :)
    a espera parece saudosa, e um perigo para "a rosa branca murcha friamente…" bom poema, muito bem composto :)
    muito bonito, votos de feliz domingo,
    Angela
    https://poesiesenportugais.blogspot.com/

    https://poesiesenportugais.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Bela imagem e escolha pra falar de saudade, de abandono, da falta, da partida e de todo sentimento de um amor que voa.

    ResponderExcluir
  6. Que inspiração amigo Toninho!
    A rosa e a borboleta,são as musas dos seus lindos versos.
    Parabéns para a participação.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  7. Oi Toninho! Meu querido poeta e amigo das gerais, você se supera a cada verso escrito. A beleza aqui não tem fim. Poesia lindíssima ! Grande abraço das gerais! Feliz semana.

    ResponderExcluir
  8. Uma bela imagem na qual voaste em poesia trazendo o abandono. Lindo fundo musical. bjs Bom final de domingo.

    ResponderExcluir
  9. Olá, Toninho!

    O vídeo com a voz estrondosa de Dulce Pontes, numa canção forte, mas triste, a imagem escolhida, aliás, muitos a escolheram, deu origem a uma excelente poema. A borboleta e a rosa são as personagens principais de seu escrito e personificou-as, até, o que acho de mto valor.

    Gosto muito do que você escreve. Tem talento, e todos sabemos disso. Parabéns!

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  10. A poesia é sublime...e você a escreve com perfeição! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  11. Boa noite amigo Toninho! Mais uma majestosa poesia!
    Ao som da voz da Dulce Pontes, nos encanta de verdade. Saudosa e bela poesia, a rosa e a borboleta testemunha de uma linda espera do amor que se foi. esta saudade chega ser sofrida, mas no fundo do coração ainda resta um pouco de esperança.

    As horas fluidas bem lentamente,
    sofrência pela presente languidez,
    a rosa branca murcha friamente,
    sentida pelo desprezo da sordidez.

    Linda demais sua inspiração! Como sempre nos surpreende, parabéns! Obrigada por mais uma vez participar lindamente! Seja sempre bem vindo. Feliz início de semana. Abraços

    ResponderExcluir
  12. Poema lindo de mais :))

    Hoje :- Abri a janela e deixei os sonhos entrar.

    Bjos
    Votos de uma óptimo Segunda - Feira.

    ResponderExcluir
  13. Um banco de jardim onde nos sentamos é sempre uma espera que pode, por vezes, ser dolorosa. Mas as borboletas, as flores, os pássaros vêm deixar-nos alguma alegria…
    Um poema muito belo, meu Querido Amigo.
    Foi um gosto enorme ouvir aqui Dulce Pontes com uma interpretação fantástica.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. Boa noite amigo Toninho!
    Ah! Se não fosse uma espera tão sofrida, se não fosse apenas saudade, a felicidade seria completa! Minha interpretação singela para essa majestosa poesia, grande poeta!

    Ah, não fosse toda sofrida espera,
    finda o dia no canto do Rouxinol.
    Poder-se-ia reviver doce quimera...
    magnífica interpretação da imagem, bela composição poética. Parabéns! Abraços, seja feliz.

    ResponderExcluir
  15. Olá Querido amigo!

    Esta edição, está belíssima em todas as participações. Cada uma com seu estilo poético, mas todos até agora visitados por mim tem me encantado.
    Linda poesia! A saudade de um grande amor que se eternizou no coração e nem o tempo apaga. Que coisa linda seu poetar! És um grande e sábio poeta. Parabéns!

    “O verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá mais se tem.” ❤
    _________________Antoine de Saint-Exupéry

    Abraços da amiga Dilene!

    ResponderExcluir
  16. Uma participação tristonha, melancólica e bela!
    Há bancos que guardam lembranças saudosas e sofridas...
    Abraço grande... Boa tarde...

    ResponderExcluir
  17. Essa imagem inspirou muitos versares nessa edição, diversas e múltiplas poesias, como aqui, poetizando e encantando.
    Um abraço. Tudo de bom.
    💙 Entronizado sentir, poetizando e encantando.

    ResponderExcluir
  18. Coisa linda Toninho...
    Nos inspira essa poesia e nos encanta!
    Grande abraço, Cris

    ResponderExcluir
  19. Um poema muito sentido e emotivo, que brilhantemente traduziu a imagem do desafio semanal...
    Mais um desafio superado, com imenso talento, Toninho! Adorei ler... e recordar este tema da Dulce. que já não ouvia, há algum tempo!...
    Beijinho! Vou estar uns dias ausente... mas muito em breve, conto estar de volta!...
    Ana

    ResponderExcluir
  20. Olá amigo Toninho!
    Sempre com uma bela e intensa poesia, que motiva o poetizando e encantando ao som desta bela melodia. A Dulce Pontes de quem eu gosto muito e vive aqui ao meu lado, nesta cidade, mas passo tempo imenso sem a ver. Toninho, sabe que encontrei um admirador da Dulce Pontes, na cidade do Cairo "País Arabe"... perguntou-me se cantava fado e se podia cantar algo deste bela fadista portuguesa que ele tanto gostava. caro amigo, já percebi que também gosta de fado portugês... já somos dois, sou apaixonado por fado e cantarolo de vez em quando só para amigos de brincadeira. Gosto muito de tê-lo na minha página e obrigada pela gentileza e simpatia que comenta o meu blog. Gosto muitíssimo do seu jeito de poetar e comentar. Obrigada mais uma vez.
    Um beijo de paz e que Deus o abençoe.
    Luisa

    ResponderExcluir
  21. "Calada de alimenta pela ausência". Gostei especialmente disso. Quando olhamos em volta, ep percebemos que estamos sozinhos, a força que buscamos é em nós mesmos. Abração... saudações azuis. Vamos melhorar rs rs.

    ResponderExcluir
  22. BOA NOITE!

    MAIS UMA VEZ CHEGANDO COM O CONVITE PARA O POETIZANDO

    É com carinho que mais uma vez venho convidar você a participar desta BC que já é um sucesso, graças a sua participação e dos amigos e amigas poetas e poetisas.
    Acabei de publicar com imagens românticas e belas. Um verdadeiro convite para lindas poesias!

    Pensamento da noite.

    “Corra atrás da sua
    própria felicidade,
    antes que ela corra
    para longe de
    você”.
    Tenha um lindo final de semana, feliz e abençoado. Abraços

    ResponderExcluir
  23. Bom dia amigo Toninho
    Uma bela poesia um pouco tristonha mas belíssima inspiração. Um lindo e abençoado final de semana. Abraços.

    ResponderExcluir
  24. Toninho querido, quem é vivo sempre aparece e olha eu aqui rsrsr. Prazer em ti ler, sempre maravilhosas suas poesias. Bela participação. Grande beijo

    ResponderExcluir
  25. Nos teus belos e sentidos versos, a triste espera de alguém que nunca vem, cantou a solidão de forma tão bela que até o rouxinol se calou. Abraços amigo

    ResponderExcluir
  26. È uma foto que realmente transmite sensaçãões de tristeza, abandono, finitude...
    A rosa branca significa que houve um pedido de desculpas...
    Uma canção belíssima acompanha o seu expressivo poema. Ótima participação, Mineirinho.
    O meu abraço amigo.
    ~~~

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.