Páginas

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Profissão esperança.



Poetizando e encantando nosso projeto de espalhar poesia pela blogosfera, idealizado e gerido pela amiga Lourdes em seu blog de mesmo nome. Vamos incentivar com leituras e participações, já estamos na edição 92 e logo chegaremos à 100. Meus parabéns à Lourdes e participantes e agora vamos ver quem está neste trem para mais uma viagem por poesias aqui: filosofandonavidaproflourdes e para vocês minha participação abaixo com minha escolha, 

















Profissão esperança.


Meu coração vive aos pulos constantes,
às declarações que beiram retrocessos,
com mudanças que de tão dissonantes,
para um povo ansioso pelos progressos.


As mãos que se uniram numa assepsia,
agora se desencontram por toda nação,
o ódio latente que dizima em artilharia.
Que Deus venha acalmar meu coração?


Eu canto meu pranto neste medo viral,
ouço as vozes dos corredores sombrios,
que me falam das dores de modo geral,
nestes sons me calo com meus arrepios.


E se somos todos filhos desta esperança,
que o sonho não se desfaça a trajetória.
Ainda que diante uma turva governança,
não percamos o rumo de nossa história.

Toninho
16/08/2019  
No outro blog tem mais toninhobira.blogspot


Grato pela visita.
Bom e feliz 
fim de semana.
Visitarei todos com prazer.

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Como a sede dos peixes.




Botando a cabeça para funcionar é a BC de todos dias 5,15 e 25 de cada mês, um projeto da Chica para uma imagem com inspiração livre, vamos lá conhecer e participar e ler nossos amigos aqui chicabrincadepoesia.




A noite foi longa para ambos no reciclável,
pelas ruas ouvia-se o som das ferraduras.
No rosto do catador o cansaço era inegável,
mas não se via ali neste ser as amarguras.

O dia se apresentava com o sol escaldante,
vejo o homem e o animal na praia deserta,
pareciam viver agora o processo relaxante,
o catador se banhava com um olhar alerta.

O cavalo lento pela praia parecia sedento,
cheirava a água de sua sede não saciada,
como para sede dos peixes no mar nojento,
o cavalo sofre a sede diante água salgada.

Olhares piedosos dos primeiros banhistas,
para aquele cavalo na carroça tão limitado,
a provocar gritos de um grupo de ativistas,
que o catador o pegou e partiu apressado.


Toninho
15/08/2019  

Meus parabéns para as aniversariantes da semana:
Calu, Claudete, Ailime 


Um bom fim de semana para 
todos e grato pela visita.