Páginas

sábado, 2 de abril de 2011

Perfume dos desejos







 

 imagem Google.









Perfume dos desejos.


Quisera sentir teu cheiro
No ar, nas coisas que tocas
Da suavidade do teu corpo inteiro
Sorver a taça do beijo que adoça.

Quisera não ter a saudade de açoite
Ainda que inspire, maltrata
Nestes devaneios dentro da noite
Teu corpo banhado em Floratta.

Quisera reviver estes momentos
Que de encantos nos fez felizes
E não estas horas de desalentos

Perdido no meio desta vontade
Em lembranças em forma de raízes
Sob folhas secas, dor e saudade.

Seria o Outono?

Toninho
01/04/2011 

29 comentários:

  1. Acho que é a memória afetiva outonal (que reúne a olfativa, gustativa, sensitiva, tudo para nos alimentar de poesia). Que belo, meu amigo! Abração. paz e bem.

    ResponderExcluir
  2. Com certeza, é a memória outonal, que tráz belas inspiracoes e saudades..
    Desejo um belo final de semana e inicio de uma nova semana com muita paz.
    Abracos com carinho,

    ResponderExcluir
  3. Belissímo poema.

    Bom domingo Toninho.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo e bem inspirado...Um abração e lindo domingo!chica

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro o outono!!!!

    Seus versos são lindos!!!
    Bom domingo.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite!
    Passando para uma visita! Parabéns pelo blog!
    Saudações da mineirinha também,
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  7. REALMENTE CACÁ TEM RAZÃO,ESTA TUA SAUDADE DEVE SER OUTONAL, E UMA ÉPOCA BOA DE RECORDAR É UMA ESTACÃO LINDA COM AS SUAS FOLHAS MORTAS ATAPETANDO O CAMINHO AS VESES DE AMARELO OU DE VERMELHO SE FOR FOLHAS DE PLÁTANO, TUDO DEVE SER CURTIDO ATÉ MESMO A SAUDADE, DÓI, MAIS A INSPIRAÇÃO VEM! SE FOR UM POETA COMO VC´SAI UMA POESIA LINDA , COMO ESTA QUE AÍ ESTÁ. UM ABRAÇO CARINHOSO CELINA.

    ResponderExcluir
  8. Toninho

    Tu mereces meu carinho, minha amizade, minha saudade, minhas palavras e meu amor...
    Tu mereces todo o bem do mundo!

    E eu fiz da minha dor um poema e tu lhe chamaste de "talento"...
    Quem escreve poesia, pode ter o "dom" de transformar "tudo em poema". Eu tento falar contigo e com todos, de meus tormentos, minhas dúvidas, desalentos e "Dor" - através de meus
    versos.

    Lindo teu poema que traduz o Outono ( a estação mais bela e suave)quando as folhas tomam cambiantes de cor nunca vistos que trazem beleza,
    mas a beleza, também simboliza nostalgia e sofrimento.

    Com ternura agradeço tua presença,

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  9. °º♫♫
    Olá, amiga!
    ✿ܓܓ♫♫
    Como você sabe descrever bem a saudade.
    Outono ou não... a poesia é maravilhosa.
    Beijinhos.
    ♫♫.•*¨*•♫♫¸
    °•Minas♥°
    °°•✿♫°.•

    ResponderExcluir
  10. Bom dia, querido amigo Toninho.

    A saudade dói tanto... Acho que é por isso que ela tira de dentro dos poetas, os mais belos poemas, como o seu.

    Um grande abraço.

    Muito obrigada pela honra da sua visita.
    Tenha um lindo domingo de paz e alegrias.

    ResponderExcluir
  11. O outono adormece a vida como se a protegesse durante sua preparação para o renascimento...
    Seu poema é belo e com sentimentos saudosos de momentos adormecidos... Com certeza eles retornarão renovados com todo vigor e esplendor da paixão, renascida e fortificada pelo mais puro e verdadeiro amor...
    Simplesmente magistral esse poema!!!

    Deixo carinhos pra ti, e o desejo de que tenhas uma linda e abençoada semana.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Boa semana!
    Obrigada pela visita e emu selinho para você com muito estima e carinho.
    Estarei aqui para visitar suas belas poesias.
    Carla

    ResponderExcluir
  13. Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.
    Muito linda meu poeta preferido.Beijos

    ResponderExcluir
  14. O perfume será sempre indizível quando fruto dos nossos desejos. Não importa o tempo e nem a validade. O perfume será sempre eterno!
    Grande Abraço, Amigo!

    ResponderExcluir
  15. Bom Dia amig..
    Demoro mais volto..
    Que lindo poema ..
    Quisera que o amor nos protegesse de sofrimentos
    Que a vida quando estamos felizes Nunca despertasse dos sonhos.
    A vida fosse como o nascer do sol no horizonte azul do mar todas as manhãs .Uma eterna primavera.
    Linda segunda beijos meus,Evanir.
    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Que poema divino amigo... o perfume do amor que se eterniza, seja a estação que for... amei...
    Beijos e uma semana de Luz, serenidade e amor...
    Valéria

    ResponderExcluir
  17. Ah, Toninho, os perfumes, a nos trazer as histórias que amamos...

    Não saem de nós, não saem de nossa mente, parece que os cheiros ficam registrados em nossa respiração...

    Ah, preciso falar-lhe: Que linda canção colocastes aqui...

    Abraços e ótima semana pra ti.

    ResponderExcluir
  18. SIK O OUTONO NOS DESPERTA O ROMANTISMOO QUE EM POESIA SE TRADUZ EM FORMAS COMO ESTAS QUE NOS PRESENTEIA.
    aBRAÇOS,

    ResponderExcluir
  19. Meu querido amigo, que felicidade a gente saber que em qualquer cantinho do mundo tem sempre alguém que nos ama em silêncio, que bom poder dizer que tenho amigos que valem ouro e que o coração coberto de diamantes.
    Beijinhos de luz e muita paz, adoro ser sua amiga viu?

    ResponderExcluir
  20. Um incrível perfume, meu amigo! - Parabéns! - Abração

    ResponderExcluir
  21. Deve ser o outono, sim, Toninho.
    Ele é fantástico e o culpado por essa sensibilidade na alma do poeta.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Ah... Mas que lindo!
    Sabe, meu amigo, um grande poeta (Mario Quintana) escreveu que "...a poesia purifica a alma...um belo poema sempre leva a Deus!", e eu agora fui um "cadinho" lá no Céu com a sua poesia.
    Uma semana de luz pra você!
    Bjos ;)

    ResponderExcluir
  23. Passando para te desejar um bom dia!
    Carla

    ResponderExcluir
  24. Querido amigo..
    Obrigada pela sua visita uma linda tarde beijos meus,Evanir..


    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Creio que não é o outono não...
    Creio ser a fragrância do passado, que muitas vezes encontra-se presente...
    Saudoso belo texto amigo!
    Uma linda tarde para você!
    Lembranças...

    ResponderExcluir
  26. Meu grande amigo Toninho!
    Aqui vim lhe ler e encontro mais um belo poema.
    Fiaca com Deus...
    Um beijão.

    ResponderExcluir
  27. Olá, meu bom amigo! Fique ligado aí que no post de amanhã tem uma decicatória para você. Meu abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir
  28. Passei para lhe dar um abraço de boa noite, e agradecer aquele carinhoso comentário.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.