Páginas

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

O que é o amor.


O que é o amor senão uma espera?
O ziguezaguear numa plataforma,
Com os olhos perdidos numa curva,
Movidos por uma esperança acesa
Vidas em encontros e despedidas.

Diz meu amor, se vale o desencanto,
Nas vindas e despedidas na estação,
Numa vigília em forma de angustia,
O amor busca sempre uma tradução.

Diz para mim do amor que professo,
Sob um céu cheio de estrelas fugidias.
Olhar para o paralelismo dos trilhos,
Infinitamente encontram as emoções.

Diz logo amor deste desejo de amar,
Em meio às sucessivas ausências,
Na solidão que no peito apavora,
Quando é noite na plataforma vazia.

Seria o amor esta ênfase dos poetas,
Mas que jamais conseguem traduzir?
Desesperado sacam versos da jaqueta,
Lançados sobre os trilhos, por concluir.

Toninho
06/12/2013.
************************************************************
A todos uma boa semana com elevação do clima de Natal em sua mais perfeita tradução. 
Ainda não entendi por que algumas pessoas estão com dificuldades de comentar no blog. Não uso nenhum bloqueio.
*************************************************************
 

29 comentários:

  1. "Em meio às sucessivas ausências/ Na solidão que no peito apavora" É assim que estou hoje...
    Lindo teus versos querido. Um bj e obg pelo carinho.

    ResponderExcluir
  2. Poesia linda que bem expressa o que á o amor! Linda semana e tudo de bom! abração e a batida da cuca, pode ser que me endireite,rs...Isso que dá ser véia cegueta,rs

    abrs.chica

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema, meu amigo...Sempre é maravilhoso falar de amor!!

    Tenha um dia iluminado!!
    Beijos!♥

    ResponderExcluir
  4. Bravo poeta, gostei de conhecer o seu blog, os seus poemas, numa linguagem de extrema sensibilidade. um grande abraço

    ResponderExcluir
  5. Versos de amor, de encanto e cantando sutilezas, sempre belos!

    Amigo Toninho, deixo aqui minha satisfação por ter seu blog em minha lista dos frequentados por mim.
    Que você tenha um Natal bonito, de paz e amor junto aos seus familiares e que continue a produzir e espalhar palavras nobres e de grande sentimento.
    Beijos, amigo.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Oi amigo Toninho, uma boa tarde , li a sua poesia , ela é muito bonita , ela é linda, um dos dois amava mais, porque os desencontros? faz o sofrimento passar para a gente, quem pode saber o coração de um poeta. Uma semana de paz e muitas felicidades, Um grande abraço Celina

    ResponderExcluir
  8. Olá Toninho
    Puxa, que lindezura de poema sobre o amor, o primeiro verso é bárbaro, diz tudo.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  9. Oi Toninho caro amigo!
    Hoje passei exclusivamente para agradecer o carinho, à amizade, e a tua presença nesse ano de 2013 no meu blog. O meu desejo é que em 2014 possamos estar juntos novamente.
    Desejo um abençoado Natal pra você e toda a sua família. Que os dias do Ano Novo sejam uma seqüência de profundas realizações e vitorias com fartas colheitas chegando a seus campos, e belas flores surgindo em seus jardins.
    Feliz Natal e Próspero 2014!
    Um beijo de carinho em teu coração!

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde, Toninho
    Foi muito bom receber-te na minha «CASA». Obrigada!

    O Amor! Tanto se tem dito a seu respeito e muita tinta ainda vai correr para se continuar a falar dele.
    Eu considero-o o sentimento mais nobre de todos, sem esquecer que tanto nos faz ir às alturas da felicidade, como pode provocar intensa dor.
    Mas a verdade é que não podemos viver sem ele...

    Continuação de boa semana
    Beijinhos
    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)

    PS - Tem sido um pouco difícil comentar. Já estava para tentar com outro servidor... Vamos ver se agora entra:)))
    NÃO ENTROU!!! Estou a tentar com o Mozila. Vamos ver se tenho sorte:)

    ResponderExcluir
  11. Nas palavras do poeta a verbo amar...
    Não tenho nenhuma dificuldade de acessar os comentários.
    Há convite no blog ou quem sabe desafio.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi, Toninho!
    Sou uma das que não sei se o meu comentario entrou, pois ele nem sempre aparece de imediato, mesmo quando atualizo a página.
    O que comentei anteriormente foi que no amor existe sempre uma dúvida, um sofrer que deixa os enamorados inseguros e os poetas inspirados! :) Lógico que usei outras palavras que não me lembro mais e apenas lembro que lhe desejei boas festas e um feliz 2014!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  13. Boa noite, Toninho. Seu belo poema, calou fundo em m'alma. "O que é o amor senão uma espera?" Me fez refletir, que esse ano de 2014 fará 50 anos (meio século) que minha mãe se morreu.. e eu espero sem perder a fé, que um dia ainda irei reencontra-la. O amor verdadeiro atravessa eras, é atemporal. Lindo demais seu poema. Adorei. Um abraço

    ResponderExcluir
  14. Olá Toninho,

    Vi num blog amigo uma animação de Louis Clichy para a canção 'À quoi ça sert l'amour", cantada por Theo Sarapo e Edith Piaf, onde um verso diz que o amor é uma triste maravilha. Achei tão bacana e real que logo me lembrei ao ler o seu belo poema.

    Desejo-lhe uma lindo e abençoado Natal junto a seus entes queridos. Que 2014 seja para você um ano especialmente feliz, com muita saúde, paz e sucesso.

    Grata pela companhia ao longo do ano.

    Felizes festas!

    Grande abraço. (Por aqui, foguetes e buzinas para comemorar a derrota do atlético mineiro. Pode???-rsrs

    ResponderExcluir
  15. Oi, Tonin!
    Quebrar este paralelismo dos trilhos de ferro, dar o primeiro passo pode ser uma pitada pragmática no romantismo, contudo surte efeito.

    Parabéns pelo singelo e profundo poema, uma passagem de ano serena.

    ResponderExcluir
  16. No grande palco da vida mudam-se os anos, mudam-se os capítulos, alguns atores são substituídos, mas a verdadeira beleza desta história está nas personagens que permanecem nas cenas mais queridas. A todas as personagens que participaram, que participam e participarão dos capítulos de minha vida ( você é uma delas) desejo Boas Festas, Feliz Natal e um Próspero Ano Novo.

    ResponderExcluir
  17. Querido Toninho
    Uma bela definição de amor! Às vezes,o amor é assim:«sucessivas ausências e solidão» - foi o que senti,quando o meu amor estava na guerra,em África.
    Mas,creia,meu amigo,não será sempre deste modo.
    Parabéns por esta tão poética definição.
    Gostei imenso de ouvir a Gal Costa, a quem já vi ao vivo,num espectáculo que decorreu no Coliseu do Porto.
    Beijinhos
    Beatriz

    ResponderExcluir
  18. Caro Toninho, o amor vale sempre a pena. Ainda mais quando é sentido e cantado com toda esta ternura.
    Poeta, aproveito para lhe desejar um Natal muito feliz e um novo Ano pleno de saúde, alegrias e concretizações.
    Obrigada pela sua presença e carinho lá n'O Berço, ao longo de 2013.

    Um abraço desde Portugal
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  19. Bela canção e poesia que emociona! Um feliz Natal,Toninho, a vc e sua familia com muitas alegrias é o que desejo de coração1 bjs,

    ResponderExcluir
  20. Boa noite amigo Toninho
    Um feliz natal com muito amor e harmonia e que 2014 chegue trazendo alegrias e nos oportunize estreitar os nossos laços de amizade. Obrigada pela maravilhosa companhia e por seu imenso carinho em 2013. Ofereço-lhe o Prêmio Blog Amigo. Acesse este link http://gracitamensagens.blogspot.com.br/ e pegue o seu.
    Beijos com carinho e ternura

    ResponderExcluir
  21. Mineirinho, sempre se fala de amor, em verso e prosa, mas o sentimento é silencioso , rico e profundo. Ainda que machuque, permite se recupere o coração.
    Meu amigo, que seu Natal seja de luz, ao lado dos que lhe são queridos e que 2014 nos proporcione a continuidade dessa prazerosa convivência. Bjs.

    ResponderExcluir
  22. Sempre nos encanta com seus poemas de amor...
    Um Natal cheio de paz, abraço Lisette.

    ResponderExcluir
  23. Nem os poetas, nem você, nem eu... jamais conseguiremos traduzir o que ele é. Mas com certeza os poetas como você o sentem de forma tão intensa que exalam no que escrevem o mistério e sensibilidade que nele residem. Lindo demais o poema Toni!

    Meu amigo, lindo! Desejo de todo coração à você e aos seus um natal repleto de alegrias e esperanças. Muita Paz e Graça preencham seus dias e suas comemorações! Obrigada sempre! Gr. Bj.!!!

    Desculpe minha ausência...

    ResponderExcluir
  24. Muito lindo Toninho! Aproveito para agradecer sua cia e amizade nesse ano e desejar-lhe um natal de LUZ e PAZ e um 2014 repleto de bençãos diárias!!!
    Beijuuss

    ResponderExcluir
  25. Olá, querido Toninho!

    Costumo ser persistente.

    Lindo o vídeo, tal como seu poema.

    NÃO HÁ DEFINIÇÃO POSSÍVEL PARA O AMOR. É AMOR, E ESTÁ TUDO DITO.

    Lhe desejo um feliz natal e um bom ano novo.

    Beijos da Luz, com carinho.

    ResponderExcluir
  26. Olá querido amigo Toninho,
    Lindos versos, linda poesia. Como sempre o amor fazendo parte, seja ele de ausências ou presenças. Parabéns pela linda definição, amor é amor, sofrido ou não, esta sempre presente em nossa vida.
    Desejo a você meu amigo, um Natal de luz, que o menino Jesus esteja presente em sua vida, não só neste dia, mas em todos do novo ano que esta por vir.
    Que possamos continuar com esse carinho e essa partilha maravilhosa em 2014.
    Feliz Natal! Feliz Ano Novo!
    Beijos com muito carinho de sua amiga
    Marilene

    ResponderExcluir

  27. Beijos,

    Cris Henriques
    Olá amigo Toninho.

    Adorei ler a tua poesia, sobre o sentimento mais sublime: O Amor. Pode ser fácil escrever sobre este tema, quando se o sente, quando se o sentiu pelo menos uma vez na vida. Mas para quem nunca o sentiu, é difícil escrever porque só conseguimos escrever acerca do que conhecemos.
    Fico muito feliz por teres escrito sobre o amor, é sinal que o encontraste. :)

    Feliz ano novo com amizade e um beijinho,

    Cris Henriques

    Beijos,

    Cris Henriques

    O Que O Meu Coração Diz http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/2014/01/andorinha.html

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.