Páginas

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Ao som do apito.



Ouço um apito do trem na curva,
soa nos trilhos uma velha canção.
Sobre as paralelas de aço desliza,
a chegada é festa do meu coração.

Aqui na minha estação é rotina,
todo santo dia na espera do trem,
aprendi neste sobe e desce colina,
perseverar na espera de alguém.

Vejo um menino de olhar atento,
anda descalço nos trilhos de aço,
com braços abertos para o vento,
feliz silencioso conta cada passo.

Fui como o menino lembro bem,
equilíbrio sobre trilhos brilhantes,
sonhava um dia pongar no trem,
ver o mar com brisa refrescante.

Agora ouço seu apito mais perto,
som repetido que vem estridente,
moleque travesso, braços abertos,
na sua correria grita sorridente.

Então abro meu premido coração.
com incerteza de toda despedida.
Este trem sempre vem à estação.
Fico só. Novo apito na despedida.

Toninho
24/04/2016.
Tem novidade aqui: toninhobira.blog
***************************************************
Desejo a todos um feliz fim de semana com paz e alegrias.

28 comentários:

  1. Deu pra ver o menino na estação, sonhando em ver o mar ,partir, esperando sempre... E ouvindo o apito na chegada e nas despedida! ADOREI! Sempre gostei de estações e apitos de trem..Era um programa ira até a estação...

    A música linda também! Abração ,lindo dia e tuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Toninho.
    Que bacana a poesia, o menino entusiasmado na espera de ver o seu sonho realizado, ver o mar. Nunca entrei em um trem, deve ser bem legal. Um lindo final de semana meu amigo. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  3. O tempo passa, deixa as doces lembranças, a saudade, as memórias afetiva, os sonos, o cheiro, as imagens molhadas nas nossas lágrimas. Uma infância, um menino, um sonho vivido. Lindo texto poeta Toninho. Depois passe no blog que tem lindas dicas e uma bela campanha literária

    ResponderExcluir
  4. As lembranças emergem e o poeta volta no tempo soerguendo os os desejos de embarcar naquele trem rumo à outras paragens na busca de outros sonhos
    O cenário poético ficou tão perfeito que que foi possível visualizar o menino à espera do trem
    Beijos e uma linda sexta feira meu amigo

    ResponderExcluir
  5. Boa noite caro amigo ,este momento levou-me até aos tempo de menino ,onde viajei tantas vezes infelizmente já não apanhei os comboios antigos ,mas certamente naqueles que andei ainda hoje me fazem recordar tão belas viagens,adorei o seu lindo momento poético caro amigo ,um grande abraço ,muitas felicidades.

    ResponderExcluir
  6. Que lindo, Toninho!
    Suas palavras me levaram até Minas Gerais e seus encantos.
    Ao som de Bituca, mellhor ainda!
    O que seria de nós sem a velha Minas, meu amigo?
    E longe do apito do trem...

    Bom finde com muitas saudades!

    Bjks

    ResponderExcluir
  7. Caro Toninho
    Este música é maravilhosa, e realmente trem povoa nossa imaginação, ainda que não tenhamos tido contato com este meio de transporte tão pouco valorizado em nosso país.
    Uma belezura seu poema.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. O trem... qual mineiro nao guarda uma lembrança de alguma historia com o trem?
    O apito... o balanço... as montanhas...
    Achei lindo o poema...

    Beijos, Toninho...

    ResponderExcluir
  9. Também me revi nesse menino atento a tudo, até porque adoro comboios...
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  10. Uma estação de comboio (trem) é uma linda metáfora de encontros e despedidas, de esperanças e sonhos com novos destinos.
    Engraçado como pedaços de aço fazem a nossa imaginação voar. Talvez o menino cresça e se torne poeta.
    Abraço
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  11. Meu querido amigo.
    Este seu belo poema é um voltar à infância despreocupada e cheia de sonhos.
    Os trens sempre nos lembram partidas e chegadas.
    Estou a fazer uma paragem nos meus blogues porque sempre consigo "encaixar" os blogues na minha vida pessoal que neste momento precisa mais da minha atenção.
    Mas não esqueço as amizades! Prometo voltar assim que possível.
    Tudo de bom para si e para os seus meu amigo

    Um beijinho

    ResponderExcluir
  12. Que prazer conhecer aqui, a Roselia deu a dica, amei o belo poema de lá e daqui, esse então, me fez relembrar da primeira vez que viajei de trem, eu era menina, nasci em São Paulo, Capital, onde ainda moro.
    Foi uma aventura e tanto, o trem levou horas para chegar em uma cidade do interior,adorei ser transportada ao passado tão lindamente acompanhada nesses lindos versos!
    Toninho,espero que me aceite como amiga, deixo abraços apertados!

    ResponderExcluir
  13. Nas partidas e chegadas se formam os sonhos.
    Gosto imenso de viajar de comboio.
    Lindissimo poema
    Um abraço
    Maria

    ResponderExcluir
  14. ~~~
    Comboios que servem as regiões interioranas
    levam vagões cheios de sonhos de meninos e
    adolescentes desejosos de conhecer o mundo.
    ~~~
    Contrapondo a alegria infantil, agora existe
    um coração triste que se sente só...
    Solitude numa estação de comboios silenciosa,
    ainda é mais intensa...
    ~~~
    Muito belo o seu poema de sentida saudade!
    Um fim de semana muito agradável e feliz.
    Abraço, amigo.
    ~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  15. ✿ه° ·.
    Esse trem está no encanto da infância!...
    Já não mais acalenta sonhos...

    Boa semana!!!
    Beijinhos♪ه° ·.

    ╰✿ه° ·.‿⎠

    ResponderExcluir
  16. Ah! a infância Tudo é sonho, só se pensa nas alegrias. O trem vai e volta, leva e também traz.
    O fundo musical me acalentou numa viagem ao passado, infância e viagem de trem. Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Ah! a infância Tudo é sonho, só se pensa nas alegrias. O trem vai e volta, leva e também traz.
    O fundo musical me acalentou numa viagem ao passado, infância e viagem de trem. Bjs.

    ResponderExcluir
  18. Muito obrigada pelo comentário que me fizeste nesta minha postagem: http://sandrasofiagoncalvesafonso.blogs.sapo.pt/brincar-com-a-chica-numero-1-3278, respondendo ao teu comentário,também te desejo um excelente mês de Maio,fico imensamente contente que tenhas gostado das minhas frases,muitos beijinhos e espero que tenhas uma maravilhosa noite,espero que visites o meu blogue muitas mais vezes e que deixes sempre os teus comentários!!

    ResponderExcluir
  19. Oi,mais uma vez,venho agradecer-te o comentário que me fizeste nesta minha postagem: http://sandrasofiagoncalvesafonso.blogs.sapo.pt/metas-para-o-mes-de-maio-de-2016-3481, respondendo ao teu comentário,tens toda a razão,a felicidade é uma coisa essencial nas nossas vidas!! Beijinhos fofinhos!!

    ResponderExcluir
  20. Olá meu querido amigo, espero que esteja bem pois faz tanto tempo que não nos comunicava-mos a vida nos vai roubando tudo o que temos de bom.
    Mas ainda me resta um pouco de boa disposição para relembrar os meus amigos que mesmo estando ausente nunca os esquecerei, adorei o seu poema pois temos sempre algo que nos marcou a nossa infância, e este é mais um deles, beijinhos de luz e muita paz em sua vida.

    ResponderExcluir
  21. Meu bom amigo, espero/desejo que se encontre bem.
    Gostei de ouvir e ler a letra.
    Um abraço de muita amizade.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  22. Boa tarde!

    Bacana demais o texto. Admiro quem tem o dom de escrever poesia, encaro como grande desafio.

    Uma excelente semana para você. Aproveito para convida-lo para conhecer o meu blog.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  23. Boa noite
    Palavras inspiradoras,linda poesia.A natureza deslumbrante na foto.
    Abraço,feliz mês de maio amigo.

    ResponderExcluir
  24. a vida é assim, sempre com chegadas e partidas.
    Abraço, amigo Toninho.

    ResponderExcluir
  25. Belo poema, meu amigo

    Nostálgico, brando, saudoso
    e romântico também!

    Amei este encontro e o espero sempre,
    na curva do caminho

    Com amizade,

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  26. ~~~
    Ando curiosa (também defeito de quem gosta de
    aprender) de saber por que tem por logotipo
    do seu blogue um comboio/trem e desenvolve
    este tema como se houvesse uma afinidade
    muito especial...
    Desculpe se sou invasiva.
    ~~~ Beijo amigo. ~~~~~~~

    ResponderExcluir
  27. Boa noite, Toninho.
    Bonito poema saudoso.
    A verdade é que sempre estamos repletos de lembranças e reféns de mudanças.
    Tenha uma excelente noite de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.