Páginas

domingo, 14 de janeiro de 2018

Seduzir-se em decidir.



No exato momento que urge de decisão,
vem como faca de dois gumes a dúvida,
catalisadora sanguínea de meu coração,
bombardeado pulsa e pulsa na partida.

Uma voz induz seguir por este caminho,
diz-me seguir por lá onde reina a razão,
ao tempo que outra me chama baixinho,
sussurra do outro lado há pura sedução.

Meus passos hesitam, pausam indecisos,
na hora fatal uma arvore me desveste,
ante a decisão tremo e soa como guizos,
os meus neurônios enjaulados e agrestes.

Que instante cruel de minha vida agora,
ainda como testemunha a verde árvore,
sabedora de minha dor neste ir embora.
É longo o caminho, para que me arvore.


Toninho 
14/01/2018
Inspiração para Poetizando e encantando da amiga Lourdes, confira outras inspirações e participe aqui: poetizando e cantando

Arvore-se a ser bom e melhor
todos os dias.
Feliz semana 

27 comentários:

  1. Verdade amigo Toninho, na hora das nossas escolhas vem a indecisão e é como faca de dois gumes a dúvida.
    Mais uma linda poesia com um contesto poético que nos leva a refletir e avaliar bem antes de tomarmos qualquer decisão.Parabéns por mais uma bela participação que só engrandece a BC. Amei a retrospectiva e a sua poesia valeu rever. Abraços, tenha um dia feliz.

    ResponderExcluir
  2. Amigo, muita vezes a indecisão nos abate na hora das nossas escolhas. Como você escreveu tão bem em sua poesia,

    Meus passos hesitam, pausam indecisos,
    na hora fatal uma arvore me desveste,
    ante a decisão tremo e soa como guizos,
    os meus neurônios enjaulados e agrestes.

    É como se encontraremos obstáculos, mas esse momento em que paramos é importante para não agirmos precedentemente e depois não nos arrependermos.

    Mais uma linda e sábia poesia, que da prazer em apreciar a profundidade das suas palavras. Muito obrigada por mais uma vez participar. Seja sempre bem vindo! Abraços

    ResponderExcluir
  3. Amigo, o que dizer da sua maravilhosa participação. Você é um grande poeta que escreve com uma sabedoria sem igual. Inspiração na imagem você não só escreveu esse lindo poema como nos deu grandes lições.

    Nesses instante cruéis de indecisão, temos mesmo que para, avaliar qual o caminho a seguir. Parabéns amigo. Tenha um dia feliz, abraços

    ResponderExcluir
  4. Adorei o jogo de palavras entre árvore e arvorar...Ficou perfeita,MAIS UMA VEZ! Adorei! abração praiano,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  5. Fascinante participação. Adorei. Boa tarde.

    Hoje:- A chave...numa insana desorientação.
    .
    Bjos
    Um óptimo Domingo.

    ResponderExcluir
  6. Ola, querido amigo Toninho!
    Estou assim também entre discernir o bom do melhor...
    Deus no comando de todas nossas ações... sem Ele e impossível fazer a Suprema Vontade.
    A Santíssima Trindade está sempre muito interessada em nossa felicidade ...
    Deus sabe de todas as coisas...
    Li sua poesia e me li... mas já me decidi... estou numa fase de novos caminhos e caminhar ...
    Foram meses de oracao e discernimento...
    Que o poeta possa dizer como eu :" Até aqui o Senhor nos ajudou ".
    O tema de hoje também me deu reflexão como a que encontrou em seu poema profundo.
    Que nunca saíamos do caminho da poesia!
    Seja muito feliz e Abençoado!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O vídeo e um dos mais lindos que eu já vi. Desde que o conheci fiquei encantada...
      Caminhando e cantando... firme em Deus Pai...
      Temos todos sonho; força e amor...
      Deus e fiel!

      Excluir
  7. Maravilhosa participação Toninho.
    Gostei muito.
    A minha está lá,não sei se irá agradar.
    Bjs e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  8. É preciso sempre saber escolher o bom caminho sem titubear. Nossa participação é com dor no coração, mas a poesia para alento. Bom domingo poeta!

    ResponderExcluir
  9. Riquíssima participação caro amigo Toninho ,desejo-lhe uma semana muito abençoada ,um grande abraço ,muitas felicidades

    ResponderExcluir
  10. Como sempre, o Toninho esmera-se na apresentação dos seus trabalhos que brilham por inspirações muito adequadas e fina e tocante sensibilidade.
    Agora que ando melhor, vou abrir um blogue para participar...
    O que poderia contar é que sou péssima para me decidir, por isso eu sentar-me-ia debaixo da árvore muito infeliz de costas encostadas ao tronco, ficaria meditando umas horas e o mais provável seria escolher o lado errado... Sentires destes acontecem quando os pais são muito críticos.
    Sou realmente muito indecisa, por medo de errar e esta postagem veio recordar-me de algumas decisões importantes que tenho de tomar.
    Gostei da canção do Milton que não conhecia.
    «Procuro a resposta
    Por que criar a dor
    Se quando estamos juntos
    Temos sonho, força e amor.»
    Lindo e emocionante.
    Grande abraço cordial.
    Beijos, querido amigo.
    ~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Oi Toninho
    Linda poesia que embriaga nossos corações ávidos em meditar a vida.Uma bela participação
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  13. Como sempre Toninho, sua poesia é um brinde trasbordando sensibilidade. "Que instante cruel de minha vida agora,
    ainda como testemunha a verde árvore,
    sabedora de minha dor neste ir embora.
    É longo o caminho, para que me arvore." Muito lindo poeta. Grande, e terno abraço mineiro.

    ResponderExcluir
  14. Que lindo poema, amigo Toninho! É preciso mesmo arvorar-se a ser bom e melhor todos os dias, só assim conseguiremos nos despir do deserto para construir um jardim florido que acolha a todos com alegria e amor! Aplaudo-o de pé!! Em tempo, agradeço o seu carinho e comentários deixados nos blogs e também no IG. Final do ano passado foi muito atribulado e eu não consegui participar das BC's propostas pelos amigos blogueiros, senti em não poder estar junto com vcs, mas se Deus quiser este ano estaremos juntos novamente! Volto a blogar em fevereiro, até lá! Bjs e feliz 2018! =)

    ResponderExcluir
  15. Um linda meditação poética sobre uma temática constante em nossas vidas. As escolhas são decisivas e encontrar o melhor caminho ficamos entre a razão e a emoção. Belo jogo de palavras. Boa semana

    ResponderExcluir
  16. Boa noite amigo!
    A nossa amiga Carmem participou pela primeira vez do poetizando, vale a pena apreciar!
    Bjus

    ResponderExcluir
  17. A imagem, magnífica, inspirou-o bem, meu Amigo. O seu poema é muito belo.
    Uma boa semana. Um beijo.

    ResponderExcluir
  18. O vídeo de Milton Nascimento, cantando "Portal da Cor" abre com todos os méritos esta tua postagem, meu amigo Toninho. Depois vem o teu excelente poema, "Seduzir-se em decidir", com o teu canto sobre a indecisão, que busca o caminho da razão, tentando desviar-se da sedução, essas coisas tão humanas. Por isso não quero me furtar de transcrever estes versos de teu poema:

    "Meus passos hesitam, pausam indecisos,
    na hora fatal uma arvore me desveste,
    ante a decisão tremo e soa como guizos,
    os meus neurônios enjaulados e agrestes."


    Meu grande abraço Toninho, meu amigo poeta.
    Pedro

    ResponderExcluir
  19. Puxa, que participação tão bonita, Toninho! Poetizou com classe e categoria... Os meus parabéns!
    Abração e boa semana

    ResponderExcluir
  20. Estou encantada com a sua participação, amigo.
    Ficou muito linda.
    Obrigada pela visita lá na Pipoca...rs
    Tenha um maravilhoso dia.
    Beijinhos mil de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  21. Voz ecoante
    dúvida sonante,
    desarvora certezas,
    encobre emoção,
    enverga o mote,
    sublinha a razão.


    Boa semana, meu amigo-poeta.
    Abraço,
    Calu

    ResponderExcluir
  22. Joia rara essa sua poesia! Fico doidinha quando é para decidir entre duas situações, bate aquela insegurança e o medo de escolher o errado.
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  23. Toninho
    uma imagem que fez um bom suporte à sua inspiração.
    um belo poema que nos faz recordar as nossas indecisões em tantos acasos da nossa vida.
    há caminhos que são bem tortuosos.
    beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  24. Toninho!
    Sempre haverá a dualidade, a opção de escolhermos caminhos bifucados, espero apenas, que escolhamos o caminho do bem e do amor.
    Novo Ano repleto de realizações!!
    “Meta para o Ano Novo? Ser feliz!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/2018/01/divulgacao-cultural-05-18-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
  25. Bom dia amigo!

    Em virtude de estar viajando amanhã aproveitando as férias, o Poetizando postei hoje. Comentarei a partir de amanhã pelo celular e como essa tecnologia ainda me complica ficaria difícil a publicação no domingo.
    Aproveito também para me desculpar por não está sabendo ainda, adicionar de forma correta os links dos participantes. Mas estou com um pedido de ajuda para que alguém me ensine, afinal, estamos na vida para aprender.
    Ficarei feliz e agradecida por mais uma vez você participar, pois suas participações tem sido encantadoras e dão prazer em apreciar. Agradeço muito sua atenção.
    Tenha um lindo fim de semana e que jesus continue nos abençoando e nos iluminando a todo instante das nossas vidas.
    Abraços com carinho da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  26. Inspiração, sempre no seu melhor, em cada uma das suas participações, Toninho!...
    Mais um desafio por aqui, superadíssimo em talento... Adorei o poema!
    Um grande abraço!
    Ana

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.