Páginas

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Ritual de uma saudade.
























Não posso olhar o quadro na parede,
que logo vem a lembrança carinhosa,
de minha mãe repousada numa rede,
com seus olhos fixos na tela graciosa.

Ela tinha por ela um especial encanto,
que sempre chamava minha atenção,
parecia que inspirava nela um canto,
tinha nos seus olhos ternura, emoção.

Com este quadro ela tinha um ritual,
que era passar nele suas mãos finas,
como quem toca na imagem celestial,
e sorria levemente como uma menina.

Mas um dia ela se fez numa cadente,
e traçou no Céu duas retas no infinito,
notei nesta tela entortar-se levemente,
com uma tremida saudosa do tal rito.

Toninho
15/06/2018

Apenas uma inspiração para a BC_botando a cabeça para funcionar. Projeto da Chica e seu neto Neno. confira e participe aqui: chicabrincadepoesia


Um bom fim de semana
paz e alegria.


13 comentários:

  1. Me ha emocionado tu bello poema dedicado a la añoranza de una madre.
    Yo he tenido una madre buena, cariñosa y comprensiva, tras su muerte, me he sentido, durante mucho tiempo, perdida, le escribo para recordarla, no quiero olvidar ni uno de los momentos que pasé a su lado durante mi vida.
    Kasioles es una hija que ama, recuerda y trata de seguir viviendo con su nostalgia.
    Eres un gran poeta.
    Cariños.
    kasioles

    ResponderExcluir
  2. UAU.... Essas coisas podem mesmo acontecer...Sinais... Linda inspiração ,emocionante mesmo! Adorei! Obrigadão! abração, lindo fds!Aqui simplesmente congelante e eu pooooooodre de gripe, coisa bem rara pra mim! chica

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, querido amigo Toninho!
    Nestes dias, de intensa felicidade, fiz memória ao meu pai amado que me deixou o padrinho de Batismo pra me proteger desde sua partida...
    Somos ligados a quem nos amou e ama de lá (do "Alto")...
    Um poema que flui de acordo com a contemplação de um quadro mas que desperta os maus nobres sentimentos no coração que jamais se esquecerá de tanto e inusutado amor.
    O mesmo que sente por sua mãezinha, amigo, eu sinto pelo pai amado... ainda... é irremomivel! Que bom seja assim! Dá força a viver com beleza por nos sabermos amados com toda força do ser de quem nos gerou.
    Lindo termos esta bênção sobre nós!
    Sei bem da saudade que sentem de nós objetos que nos são de estima... deuxei pra trás plantinhas que amava e se sinto saudade delas, elas também de mim, na certa... Emoção no coração agora!
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm fraterno e carinhoso de paz e bem
    😚💙

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *irremovível...
      "Saudade do varal"...
      Em meu caso:
      Saudade dos queijos...
      Saudade que eternizo também no quadro com moldura (presente do filho que tem o avô como pai) que fica ao meu lado no computador... é um olho na tela... um olho nele ... e ele a me olhar e a interceder pela minha felicidade.
      Toda mulher precisa de um PAI...
      Lindo o vídeo que não conhecia!
      Obrigado por nos ofertar lundos momentos musicais, estimado amigo.🎁

      Excluir
  4. Muito sentido este poema, meu querido Amigo. Consegue ligar a tela à memória da Mãe, como só um poeta sabe fazer…
    Um bom fim de semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Começar pelo título, lindo, que nos
    transporta para o espaço da alma...

    O poema, a arte de transmitir esta saudade,
    no voo das emoções mais sublimes, elo de
    mãe e filho, poeta no corpo da poesia
    inscrita do mais belo amor-saudade.
    Fiquei emocionada na leitura, meu amigo.

    Saudade de te ler, Toninho...

    A música escolhida belíssima!

    Feliz final de semana na paz,
    meu amigo!

    Bjos.

    ResponderExcluir
  6. Querido amigo.
    «Ritual de uma saudade» é um belíssimo poema composto à volta desse sentimento provocado pela partida do amor maior, o amor absoluto, o que é insubstituível.
    Faz falta a todos que já o experimentaram e sentem o dorido vazio da perda irreparável..
    É tocante o modo como demonstra o amor e carinho pela sua mãe.
    Não conhecia a interessante canção interpretada por vozes de estirpe.
    Foi uma soberba participação.
    Um carinhoso abraço.
    Uma semana amena.
    Beijos
    ~~~

    ResponderExcluir
  7. Aqueles que amamos permanecem para sempre no nosso coração.
    Inspirada e bela participação.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  8. Muito bonita a sua inspiração, com sentimentos sensíveis!
    O meu abraço nesta terça-feira...

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde Toninho,
    Que coisa mais linda de se ler, um poema inspirado na saudade expressando seu carinho por sua genitora.Linda e profunda homenagem. que filho maravilhoso és tu!!
    Bjs no core euma canta e abençoada tarde extensiva à uma linda semana!

    ResponderExcluir
  10. Belo e emocionante poema , Toninho . As lembranças muitas vezes nos vem de forma quase imperceptível . Sua sensibilidade ao recordar a mãe me emocionou . Uma linda homenagem aquela que o gerou . Abraços .

    ResponderExcluir
  11. Mais um belo e tocante sentir, Toninho!...
    Saudades e emoção... sublimemente conjugadas nesta excelente inspiração!
    Abraço
    Ana

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.