Páginas

domingo, 17 de junho de 2018

Lembranças perdidas.





















Mora no peito lembranças perdidas.
já tão remexidas nesta tarde vazia,
medo da noite de horas desiludidas,
sou ave de asas partidas, há agonia.

Há um imenso vazio no meu peito.
Nasce sem motivo quiçá o existia,
entender a ausência só no conceito,
complexa esta incontida sinestesia.

Queria a falta suave e não sentida,
que chega como a rajada de vento,
arrasta as más lembranças da vida,
como o isolamento deste sentimento.

A lagrimas caem neste desencanto,
deságuam pela minha face sombria,
uma cachoeira feita de meu pranto.
Lá fora chove, adormeço em poesia.

Toninho
16/06/2018

Apenas uma inspiração para a BC_poetizando e encantando da professora Lourdes confira e participe nos finais de semana aqui: filosofandonavida 


Um bom domingo
de nova semana.
Paz e alegria.





24 comentários:

  1. A ausência tão presente nos inspirados versos de mais essa profunda participação.

    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia amigo TONINHO!

    Que linda poesia, uma inspiração encantadora!
    Lembranças já tão remexidas e como seria bom, lembranças suaves menos sofridas. um amor que deixou marcas cravadas no coração, é difícil as lembranças não serem doloridas. Amigo sua poesia está digna de um grande poeta que és. Obrigada por mais uma vez participar e mesmo com o coração esperando a estreia do Brasil, poetizou lindamente. Obrigada! tenha um dia feliz e um início de semana abençoado. Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá amigo Toninho vim apreciar sua linda participação e valeu a pena porque aqui encontro um majestosa composição poética. Uma poesia saudosa, lembranças doloridas de um amor que ficou cravado no coração, mas que está bela. Parabéns amigo! Abraços, feliz dia e um início de semana de paz;

    ResponderExcluir
  4. Intensa e linda e até na chuva consegues ser e ver poesia!LINDA participação! abração, chica

    ResponderExcluir
  5. Reminiscências dolorosas do passado são sedimentos empedernidos a marcar o tempo das ausências eternamente presentes... a lavrar no peito os sulcos de quem anseio a água purificadora dos abismos mais acabrunhantes e aniquiladores.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, querido amigo Toninho!
    A primeira estrofe está tão linda!
    Poeta lê a imagem com ternura e real percepção...
    Capta a essência da alma da mulher representada na imagem. Que belo! Grande sensibilidade costumeira, amigo.
    O vídeo é perfeitamente encaixado no contexto da poesia dando uma beleza extraordinária ao seu poema.
    Tudo muito intenso... com o culminar da chuva às lágrimas que rolam arrastadas...
    Bonito quando não há esta vingança que o vídeo exprime com a emoção da interpretação de Elis. Difamar pra provar que ainda é do outro... triste!
    Parabéns, poeta de alma!
    Seja muito feliz e abençoado junto aos seus amados!
    Bjm fraterno e carinhoso de paz e bem
    😚💙

    ResponderExcluir
  7. Lembranças tão dolorosas que dilaceram a alma.
    Maravilhoso poema
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  8. Ausências, de certa maneira, renovam nossas inspirações poéticas.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  9. A sua inspiração nos encanta Toninho!
    Suave,triste mas muito linda.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  10. Nossa Toninho!
    Quanta saudade do amor perdido...tudo tão subllime e delicado em seu poema, parabéns!
    Desejo que a semana seja abençoado!
    “Nunca sei se quero descansar porque estou realmente cansada, ou se quero descansar para desistir. “ (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/06/divulgacao-cultural-83-40-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde Toninho,
    Um poema maravilhoso com um final que muito apreciei!
    Uma magnífica participação no Poetizando.
    Beijinhos e continuação de uma semana muito abençoada.
    Ailime

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde Toninho, mas uma linda obra de arte expressando memórias tatuadas num coração dorido. Receba meus aplausos por tão bela pérola poética. Seus trabalhos, se reunidos formam um belo colar de lindas pérolas.
    Feliz entardecer e um a ótima semana!
    Bjs no core!

    ResponderExcluir
  13. Que maravilha,amigo Toninho! Como tudo o que poetisa!

    Adorei!
    Estou com problemas para acessar os blogs pelo celular e com pouquíssimo tempo para a Net.
    Obrigada pela visita e,assim que meu marido se recuperar das 3 cirurgias feitas em fevereiro e março de 2018,tudo voltará ao normal,se Deus quiser.

    Beijos sabor carinho e um final de terça_feira com muitas bênçãos!

    Obs: Desculpe a mensagem copiada,mas é o que consigo agora para agradecer quem me visita e comenta.

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderExcluir
  14. Meu amigo, passam os dias e você cada vez melhor, mais inspirado, deixa correr a sensibilidade própria de sua alma! Esse poema está tão doce, tão lindo, mas lembranças só devem nos visitar quando podem trazer mensagens boas, de momentos felizes. Se não for assim, nada valem certas lembranças, incomodam, nos fragilizam.
    Muito lindo! Parabéns, amigo.
    Beijos.

    A lagrimas caem neste desencanto,
    deságuam pela minha face sombria,
    uma cachoeira feita de meu pranto.
    Lá fora chove, adormeço em poesia.

    ResponderExcluir
  15. Querido Amigo.
    Fico muito emocionada... pela sublime beleza e porque me identifico sobremodo com a sua sensibilidade.
    Versos e estrofes descrevem magistralmente a profunda dor da desilusão, infortúnio, devastação, vazio...
    Um estado próprio de quem, ainda sangra pelo fim do relacionamento com um grande amor. Foi uma excelente inspiração à altura da beleza do retrato de Katerina I.
    A canção da Ellis é impressionante e descreve bem a loucura do total desespero...
    Ellis bonita... Ellis chorando... Ellis que não teve sorte nas suas paixões...
    Estimado poeta, agradeço os ótimos e agradáveis momentos de leitura.
    Abraço e muito afeto.
    Divirta-se nas Juninas da sua cidade.
    Beijos
    ~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrijo...
      ''bons momentos de leitura e música...''
      ''Abraço de muito afeto''

      Excluir
  16. Obrigada amigo por mais uma vez ter muita atenção para com todos que participam dessa BC, visitando, comentando e dando a sua forte contribuição para o sucesso da mesma. Seja sempre bem vindo!
    Entendemos que tem semana que nem todos podem participar mas voltam com todo carinho em outros. São tão bons poetas e poetisas que sentimos as faltas deles. A cada semana todos nos deixam maravilhados com suas lindas poesias. Obrigada mais uma vez. Abraços

    ResponderExcluir
  17. Perfeita sintonia do fundo musical e a sua poesia tão doida. Muita sensibilidade nas palavras entrelaçadas de lembranças em poesia.

    ResponderExcluir
  18. Desculpe a ausência amigo, como diz a poesia ha um imenso vazio no meu peito....mas como tudo passa.
    Gostei muito. abraços!

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde
    Obrigado pelos comentários lá no blog sempre amáveis.
    Seus poemas o que dizer,traduzem muita beleza e inspiração.
    Abraço

    ResponderExcluir
  20. OI TONINHO!
    MUITO BONITO E INSPIRADO, AMIGO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Toninho. lindíssimo, e os últimos versos são magníficos. Abraço mineiro.

    ResponderExcluir
  22. Boa tarde amigo!
    Mais uma vez passando para deixar o convite do Poetizando e Encantando. Nesta edição, posso afirmar que as imagens estão convidativas para poesias lindas e inspiradoras.
    Postarei amanhã sábado junino e ficará durante a semana vindoura para que todos possam participar, e organizar de acordo com seu tempo e as postagens do seu blog.
    Tenha uma linda tarde e um fim de semana feliz e boas festas juninas!

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.