Páginas

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Não verás nada além.



Hoje minha participação no lindo projeto Poetizando e encantando da querida amiga Lourdes em seu blog filosofandonavidaproflourdes em sua 94ª edição, convite aceito e os convido para participarem no espalhar poesia pela blogosfera todo fim de semana.









Há grito dolorido a ecoar pela floresta,
ecoa pelas grutas, percorre os caminhos
invasão das chamas numa cena funesta
chora a índia numa beira do ribeirinho.

As línguas de fogo recriam as clareiras,
perante aos olhos duma tribo assustada,
ilhada apenas vê inerte estas fogueiras,
destruição das matas. Ê gente malvada!

No ombro 0 periquito canta tristemente,
sobrevivente com a sua asa chamuscada.
A índia é crença com clamor eloquente,
olha o rio que morre, pela vil queimada.

Dançam pelas chuvas é puro desespero,
clamor à Ceuci pela lavoura a proteção.¹
A dor é infinita pela terra em braseiro,
pela floresta virgem nesta desaparição.  

Toninho
22/08/2019

Nota:

  1-    Ceuci é a deusa das moradias e das lavouras, pois é ela quem protege e acolhe os frutos da nossa terra. É muitas vezes comparada à Virgem Maria, do catolicismo. Uma imagem de mãe protetora.

O painel cortesia da querida amiga Gracita

                            
  Grato pela visita
 Um feliz fim
  de semana.



  


24 comentários:

  1. Boa noite de muita paz, querido amigo Toninho!
    Esse tema tem nos tirado o sono e seu lindo poema vem ser uma a mais nesta BC da nossa amiga Lourdes pois é impossível ficar alheio a este pesadelo que estamos vivendo ultimamente.
    Gente muito malvada tem feito o mal para a humanidade inteira. Cruel demais, amigo!
    Deus, pela intercessão de Ceuci, nos conceda o cesar fogo no pulmão da Terra.
    Muito bonito o vídeo e Peri tinha saudade dele e sua história...
    De uma certa forma, achei propício demais também seu linguajar poético pelo dia do folclore hoje comemorado.
    Pena que o que se passa aqui seja a mais pura verdade!
    Tenha um final de semana abençoado com seus entes queridos.
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  2. Aplausos,Toninho! Chora a índia, chamuscam-se as aves, tristeza enorme em tudo isso ver! Lindo grito poético! Valeu! abração, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Muito bem poetizado, meu Amigo.
    Um susto para os residentes, Uma indignação para os brasileiros, uma grande preocupação para o mundo.
    Não aceitar ajuda em caso de catástrofe, mas que atitude insólita!!
    Excelente participação, Mineirinho.
    Tudo de bom
    Abraço afetuoso.
    ~~~~
    Gosto do painel. Parabéns à Gracita.
    ~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  4. A poesia demonstra bem a dor que o mundo está sentindo!!! Bj

    ResponderExcluir
  5. Tu imaginación no tiene límites. eres un artista manejando las letras.
    En tu poema expresas perfectamente el sentimiento de esas tribus que se ven amenazadas por el fuego que lo invade todo y les deja sin alimento al quemarse sus cosechas.
    Hoy en día hay mucho pirómano suelto, unos lo hacen por venganza, otros pensando en sus intereses y otros no sé que les puede pasar por su cabeza para hacer semejante locura, no se dan cuenta que están tirando piedras contra su propio tejado. La Naturaleza es de todos y nuestro deber es protegerla.
    Cariños y te deseo un buen fin de semana.
    Kasioles

    ResponderExcluir
  6. Tamanha destruição Toninho, merece o nosso protesto, a nossa ansiedade é muito grande diante do descalabro enorme e veloz que verificamos todos os dias relativamente ao nosso lar, que é o planeta Terra, onde morrem tantas formas de vida:( belo trabalho poetico do que só pode ser o nosso lamento
    Angela
    https://poesiesenportugais.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Acontecimentos infelizes, que vêm se arrastando há muitos anos, e ninguém abre os olhos.

    ResponderExcluir
  8. Nada além das cinzas da omissão, do vazio da estupidez, dos cadáveres desnecessários, do carvão da inconsciência, desfloresta, ex-floresta, desumano, um dia humano. Aborto da razão, ganância suicida, "naturicida" desrazão. Despoesia da agonia, fauna e flora a aversar, reverso da vida,
    perverso devastar.

    Te convido para ler: 😎 Queimando, desmatando, desnaturando.
    Um abraço. Tudo de bom.

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde amigo! Primeiramente desculpe só está aparecendo por aqui hoje e neste momento adicionei seu link. Para me justificar devo falar de alguns problemas que deixou toda família aflita, mas que está passando em nome de jesus. Minha mana mais velha que faz hemodiálise e é uma guerreira sofredora, coagulou o sangue em uma artéria e com o potássio altíssimo sem poder fazer o procedimento que faz três vezes na semana, passou de urgência por uma angioplastia, mas graças a está se recuperando. Minha mãe adoeceu e ai segue problemas, nem eu nem as manas Geni e Dilene, tivemos cabeça para nada! Me restou um torcicolo devido o nervoso, mas tudo passa com fé em Deus

    Vamos ao que interessa, sua majestosa.
    participação.


    Há grito dolorido a ecoar pela floresta,
    ecoa pelas grutas, percorre os caminhos
    invasão das chamas numa cena funesta
    chora a índia numa beira do ribeirinho.

    Meu amigo, o que faz a ganância do ser humano. Tudo isso, ganância! A medida do ter nunca basta e com isso todo planeta revoltado com tanta devastação nas nossas matas. E o que fazem com nossos índios. Como sofrem! Tiram o que é verdadeiramente deles e os matam. Sim a devastação mata, a poluição mata, a mineração mata... Mas também todos nós, o planete está sendo ameaçado. Não podemos assistir a tudo clados como se nada estivesse acontecendo. Parabéns amigo pela sábia e bela poesia.Obrigada por mais essa linda participação que só engrandece a BC. Seja sempre bem vindo. Abraços

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde amigo! Que triste, os verdadeiro donos das terras assustados vendo seu natural habitat pegndo fogo.

    As línguas de fogo recriam as clareiras,
    perante aos olhos duma tribo assustada,
    ilhada apenas vê inerte estas fogueiras,
    destruição das matas. Ê gente malvada!

    Nem a poesia pode fugir dessa realidade. Parabéns pela majestosa participação. Abraços

    ResponderExcluir
  11. Quanta tristeza em suas palavras amigo Toninho!
    Essa é a triste realidade de uma destruição.
    Amei.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  12. Querido Toninho ,o planeta sofre com essa triste realidade, todos perdem e a mãe natureza pede socorro.Os nossos irmãos índios sofrem, tiram o que é verdadeiramente deles, a terra.Parabéns pela inspiração, não podemos achar que tudo vai bem, a crueldade do ser humano é vergonhosa. A Ganância leva a tudo isso.. Bjuss

    ResponderExcluir
  13. Tive muita pena de não participar, mas o blogue novo, deu muito trabalho a fazer a fim de conciliar ideias e não ficou pronto a tempo...
    Na puberdade eu estudava num liceu e brincava. Era grande jogadora de ringue, pulava muito, subia às árvores, nesse tempo, diziam que eu era uma cabrita!!!... Tudo passou radical e naturalmente quando ''fui senhora'' no início do 13º ano.
    Aí fiquei mais dedicada aos estudos e leitura...
    A tua história é muito linda e um exemplo.
    Parabéns ao menino determinação que ainda há em ti.
    Bom fim de semana, Mineirinho.
    Tudo de bom.
    O meu terno abraço.
    ~~~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta postagem dizia respeito ao 'post' do «Menino determinação»...
      Peço desculpa pelo lapso.
      Uma semana excelente.
      ~~~~~

      Excluir
  14. Boa tarde...

    Numa visita, para marcar apenas presença, esperando a vossa compreensão... devidos a compromissos inesperados:-Existem desejos que esperam - | Poetizando e Encantando |

    Bjos
    Votos de um óptimo Fim-de-semana

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde Toninho.
    Uma participação mostrando uma triste realidade. Um abençoado final de semana meu amigo, obrigada pelo apoio. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  16. Oi Toninho! Andei meio desaparecido da blogosfera, mas cá estamos de volta. Escrevestes e descrevestes muito bem e com maestria a atual situação de nossas florestas. Que tristeza nossa! Toninho se o povo além mar se comove imagine o que se passa nos corações de verdadeiros brasileiros. Confesso que estou cansado de tamanha onda lúgubre que assola incessante esse belo pais. Belissima participação e como sempre bem capacitado para os desafios literários. Agradeço de coraç]ão seus ricos comentários no meu blogue. Obrigado, amigo e companheiro de minas. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde, Toninho
    Triste realidade que aqui descrevestes lindamente.

    Amei o novo painel!

    Uma ótima tarde de domingo e linda nova semana.
    Um carinhoso abraço
    Verena.

    ResponderExcluir
  18. É de dor o coração esta vergonhosa realidade. A omissão de quem não poderia se omitir e a ganância de muitos que queimam nossas florestas com esta deliberada atitude criminal . Tuas eloquentes palavras é um desabafo entristecido. Muito lindo e muito dorido amigo Toninho
    Beijinhos e uma excelente semana, vizinho

    ResponderExcluir
  19. "Há grito dolorido a ecoar pela floresta,
    ecoa pelas grutas, percorre os caminhos
    invasão das chamas numa cena funesta
    chora a índia numa beira do ribeirinho."
    Que bonito e sensível começo para um poema todo ele de uma sensibilidade delicadamente triste. Ninguém pode ficar indiferente ao que está a acontecer, meu querido Amigo.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir

  20. Boa noite!
    Hoje a minha visita é para comunicar que prestei uma singela homenagem a querida , pelos 10 anos do seu blog Espiritual Amizade.

    https://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com/2019/08/homenagem-aos-10-anos-do-blog.html

    Caso deseje parabeniza-la, a festa vai até o dia 30 deste mês, no blog da mesma.
    Ficarei grata com sua visita. Abraços

    ResponderExcluir
  21. Toninho!
    Temos de enaltecer nossas origens indígenas.
    Seus versos foram verdadeiros.
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!
    https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2019/08/divulgacao-cultural-53-94-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
  22. Boa noite!

    Chegando com mais um convite para o Poetizando e Encantando. Com um probleminha, só hoje pude postar.
    Sei que posso contar com minha fé, com meu otimismo, com minha positividade, com minha esperança, com meu amor a poesia e com meus amigos, em mais uma edição.
    Vamos seguir espalhando poesias neste mundo em que pouco se fala em amor e plantam mais e mais discórdia.
    A vida nem sempre é fácil, mas para aqueles que se mantêm otimistas e nunca perdem a fé ela será sempre menos difícil.
    Receba o meu abraço de carinho - Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.