Páginas

quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Sátiros modernos.

 

Obrigado menina Laura Diniz pela inspiração com seu poema sobre a Lei Maria da Penha na página da sua mãe. 

Há um mal que não tem fim,

que vem sempre pelas noites.

Veste-se de ovelha o chinfrim,

com chicote aplica os açoites.

 

Sua vida é disseminar o medo,

vivem-se na sombra perigosa,

impunes seguem pelo vinhedo,

bicho mal de índole perniciosa.

 

Desdenham com a vida alheia,

sem dó, sem a mínima piedade,

são Sátiros ungidos em cadeia.¹

No viés da Penha impunidade.²

 

Oh Deus, tende piedade delas,

que se calam para a covardia.

Fim aos Sátiros e das mazelas,

só Amor Senhor sem barbaria.



Toninho
22/09/2021

Nota

1-    1- Sátiro: Da mitologia grega são divindades com aspecto de homens com cauda e orelhas de asno ou cabrito, chifre na testa, narizes achatados, lábios grossos, barbas longas.

2-    2- Lei Maria da Penha: garantia a toda mulher em situação de violência doméstica e familiar, acesso aos serviços de Defensoria Pública ou de Assistência. Em vigor desde 22/09/2015 no Brasil. 


Grato pelo comentário

 e visita.

Feliz Primavera para o povo daqui

e Um aconchegante Outono

aos nossos de lá.


 



19 comentários:

  1. Bom dia de serenidade, querido amigo Toninho!
    A Laura poetou muito bem no blog da mãe.
    Hoje, aniversário de quinze anos da promulgação da Lei que nem sempre é cumprida aqui e aumenta cada dia mais a violência contra as mulheres em meu Estado, vivemos em alerta.
    Não é não, mas para os covardes, eles não respeitam sentimentos, eles só pensam em dar vazão aos seus instintos animalescos, monstruosos, perversos e criminosos, não mais.
    Um belo poema o seu fazendo jus ao Dia que, para muitas de nós, foi libertação.
    Que Deus faça com que os brutamontes se reeduquem!
    Fiquei contemplada ao incluírem na lei a violência emocional.
    "Oh Deus, tende piedade delas,
    que se calam para a covardia.
    ...
    só Amor Senhor sem barbaria."

    Deus nos proteja a todas as mulheres.
    Junto-me a você e à menina Laura na justa causa.
    Tenha uma aconchegante e feliz primavera no seu 💙, amigo que se condói com a injustiça. Parabéns!
    Beijinhos já perfumados e floridos

    ResponderExcluir
  2. P.S. vídeo perfeito que não conhecia.🙏

    ResponderExcluir
  3. Muito linda tua poesia que é um grito pelas muleres que infelizmente tantas ainda se calam, sofrendo em silêncio nas mãos desses monstros... Perfeita! abração e Nossa Laurinha cresceu e bem atenta aos problemas da vida!


    Linda primavera onde as flores contrastam com as más ações ...abração,chica

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Toninho!

    Para nós um elogio e um testemunho, a sua inspiração. Comovida e perturbadora, mas é nossa missão.

    Em momento de crise, quando as sombras do erro e as trevas da violência cobremm o mundo; levantemos, corajosos e sinceros, com a disposição de promover mudanças nos hábitos, usos e costumes através da palavra e do exemplo.

    Gostamos muito, Toninho. Chamei Laura para ler e ela elogiou. Agradecemos sua gentileza de sempre.

    Renata e Laura

    ResponderExcluir
  5. Oi Toninho
    Voltando 'aos costumes' e apenas adiei a viagem mais longa para o início do ano seguinte ,quando as coisas todas estarão mais tranquilas, sentimos que imprudência ainda não é bem vinda _e algumas pequenas mudanças em família também colaboram para aguardar um pouco mais.
    Agradecendo sempre a acolhida te mando abraços e parabenizo pela poesia que transmite a Paz que tanto faz-nos falta.
    abraços, Toninho
    Estou na área, de novo rs te aguardo,sempre!

    ResponderExcluir
  6. Vídeo que muito gostei de ver e ouvir. Poema fascinante que me deliciou ler
    .
    Saudação poética
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  7. A sua veia de inspiração anda sempre am alta! Adorei :))

    .
    Sinto o outono em meu redor
    .
    Beijo, e uma excelente tarde...

    ResponderExcluir
  8. Importante alerta em sua poesia, Toninho.
    Gostei de saber sobre as divindades.
    Vídeo perfeito, como sempre.
    Um carinhoso abraço para você e Laura.
    Verena.

    ResponderExcluir
  9. Olá, Toninho!
    Adorei sua poesia.
    Maria da Penha, símbolo da luta contra a violência, precisou ir às Cortes Internacionais, para ver o seu processo julgado dignamente. Aqui essa lei vai aos trancos e barrancos. Felizmente o Presidente Bolsonaro, sancionou em 2019 um projeto que alterou a Lei para permitir que delegados e policiais possam aplicar medidas protetivas de urgência às mulheres vítimas de agressão. Esse aperfeiçoamento na legislação pode significar a diferença entre a vida e a morte de um número expressivo de mulheres que são diariamente agredidas e ameaçadas. Violência física e psicológica não tem piedade, não tem desculpa, tem lei.
    Parabéns pelo poema. Versos maravilhosos.
    Bjs, Marli
    Blog da Marli
    FaceBook
    Instagram

    ResponderExcluir
  10. Excelente tema de postagem, Toninho, sempre!
    A violência contra a mulher aparece cada vez mais, a cada grito, a cada denúncia...Muitos homens ainda não aceitam a igualdade, não aceitam que podem ser rejeitados por uma mulher que não o ama mais, que elas podem ter uma vida independente deles, então a tática é machucar em todos os sentidos.
    Foi uma das conquistas do governo Lula, que deu visibilidade às mulheres. O efeito da pandemia juntando-se ao fato de armas estarem sendo na prática soltas por aí, apavoram ainda mais. Mas, estamos na luta, mulheres e homens afetuosos, mesmo que uns não queiram.
    E a todas meninas daria um conselho, por mais que um homem pareça ideal, aos primeiros sinais, coloca pra correr, não espere o monstro crescer e dominar seu corpo e alma.
    Abraço, amigo, obrigada, uma primavera de paz e reconstrução!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Toninho.
    Como bem você citou no final, só Amor coloca fim nas babarias, nas mazelas...
    Sempre maravilhosa participação.
    Desejo uma primavera feliz para você e sua família, que possa brotar e exalar o amor e a alegria por onde passar...
    Abraços fraternos,
    Ju

    ResponderExcluir
  12. Palavras profundas e sentidas num poema sublime.
    O vídeo está espectacular.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Olá, Toninho,
    A Lei Maria da Penha, que foi sancionada em 7 de agosto de 2006 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, serviu de justa inspiração para o ilustre poeta mineiro, meu amigo Toninho, que colocou sua Lira a serviço da justiça para com as mulheres, que, no seu canto deu a contribuição poética a essa nobre causa.
    Bom final de semana, com saúde e paz.
    Um abraço, amigo.

    ResponderExcluir
  14. Olá amigo Toninho
    Sentindo a intensidade do seu versar fico a pensar que o mais digno seria não precisar recorrer à Lei Maria da Penha para ter os direitos respeitados. Que todos os seres homens, mulheres e crianças pudessem viver a sua liberdade sem a opressão da violência. da covardia e desumanidade.
    Ficou lindo o poema embora me entristeça pensar que haja a necessidade de se recorrer à justiça pela garantia da vida.
    Um forte abraço meu querido vizinho

    ResponderExcluir
  15. Meu nobre amigo alvinegro Toninho,
    Uma postagem importante, que serve de alerta sobre muitas brutalidades oriundas da covardia de alguns seres que se dizem humanos (sejam homens ou mulheres), mas, que se comportam ainda hoje, iguais aos primatas.
    Fico feliz ao perceber que o estilo explicativo das “notas de rodapé” (sempre presentes no ®DOUG BLOG), estão sendo aplicadas pelos amigos “blogueiros”.
    Abraços alvinegros e bom final de semana!!!

    ResponderExcluir
  16. Perfeito, amigo. É um assunto que devemos estar falando sempre;

    ResponderExcluir
  17. Fiquei comovida, poeta amigo.
    Longa tem sido a luta dos mais débeis contra a malvadez dos poderosos que se julgam mais fortes...

    Uma primavera muito agradável. Abraço grande.
    🌿🌷🌿🌿🦜🌷🍃🐞🌼🦋🍀🐦🍀🍀✨

    ResponderExcluir
  18. Ho scoperto che sei anche un dolce poeta...complimenti di cuore per la tua sensibilità e un abbraccio.

    ResponderExcluir



Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.